Edição: domingo, 12/11/2017
Compartilhe:

  Geral

Prefeitura apoia moradores na evacuação de mais uma área às margens da BR-040

Famílias são encaminhadas a hoteis e casas de parentes

 

 

Moradores de nova área evacuada sábado (11) à noite, no Contorno, às margens da BR-040 onde na terça-feira foi aberta uma cratera em obra da Concer, concessionária que administra a via, estão sendo apoiados pelas equipes da Assistência Social e Defesa Civil, da prefeitura. A sede da ONG Aldeia Criança está sendo usado como ponto de apoio para as equipes da  Assistência Social cadastrarem as famílias da Servidão Nelson Veríssimo Caetano. Estão sendo apoiadas mais de 100 pessoas de 40 casas evacuadas.

Neste domingo, desde as primeiras horas da manhã, cerca de 30 pessoas das duas equipes ajudaram aos moradores a retirarem seus pertences de suas casas, serem direcionados a hotéis e casas de parentes.  Um efetivo de mais 70 pessoas de equipes operacionais da Defesa Civil, Guarda Civil e CPTrans permanecem de prontidão para atuar se for necessário. Equipe da Coordenadoria de Bem estar Animal (Cobea) também atuou no local transportando 25 animais domésticos que estão alojados em canis.

A orientação dos moradores foi feita desde sábado apenas pela prefeitura, sem a presença de representantes ou equipes operacionais da Concer, ainda que a empresa tivesse sido informada da necessidade de evacuação da área e, ela própria, ter parado o trabalho de sondagem das origens da abertura da cratera que deu origem a todo o desastre na área.

A Concer só se fez presente na BR-040 depois de manifestação dos moradores que fecharam a estrada ateando fogo em lixo e lixeiras no domingo, por volta das 12h.  “A Concer desapareceu, sumiu”, afirmou Rodrigo Firmo, morador há 30 anos na localidade.  Ele relata que desde o início da obra e das explosões para abertura do túnel em reuniões com os moradores a Concer sempre garantiu que os procedimentos eram normais e seguros. “Hoje a realidade mostrou que não era assim”. 

Felipe da Costa Ramos, morador do local, também relata como foi o socorro:  “procuramos pela Secretaria de Assistência Social na noite de sábado e fomos encaminhados para o Hotel com segurança. Já fizemos o nosso cadastro e agora podemos ficar mais tranqüilos, sabendo que só vamos retornar para casa quando tivermos segurança”, disse.

A Assistência manterá as equipes atuantes nos locais na segunda-feira (13.11) e terça-feira (14.11) para cadastramento e levantamento das necessidades dos moradores e continuará acompanhando a assistência prometida pela empresa com o fornecimento de cestas básicas, kits de higiene pessoal e aluguel provisório.

“Estamos cobrando que a Concer faça o mesmo o que fizeram com as famílias da semana passada – cestas básicas, kits de higiene além do cheque de aluguel. Nós continuaremos levantando as necessidades assistenciais dessas famílias a Saúde também se prontificou a mandar uma equipe para o ponto de apoio caso haja necessidade de atendimento. Silmar Fortes, secretário de Saúde, esteve hoje nos dois locais pessoalmente para isso. A prefeitura está mobilizada para garantir que essas famílias tenham seus direitos garantidos”, afirma Denise Quintella, secretária de Assistência Social.?

 

 



Compartilhe:




Rua Joaquim Moreira, 106
Centro – Petrópolis – RJ
Cep: 25600-000

ABRAJORI – Associação Brasileira dos Jornais do Interior