Edição anterior (1367):
quarta-feira, 08 de agosto de 2018
Ed. 1367:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (1367): quarta-feira, 08 de agosto de 2018

Ed.1367:

Compartilhe:

Voltar:


  Cidade

Prefeitura assina convênios para pavimentação no Vicenzo Rivetti, Castelânea e reforma da Casa de Santos Dumont

Convênios firmados com a Caixa garantem investimento de R$ 2 milhões do governo federal para a cidade

 

Petrópolis vai ganhar melhorias de pavimentação em duas vias importantes do município, no Vicenzo Rivetti, que vai ganhar 766 unidades habitacionais populares e precisa de infraestrutura, e na Castelânea, além da reforma de um dos principais pontos turísticos da cidade, a Casa Santos Dumont. Tudo isso será possível graças ao investimento federal de R$ 2 milhões, garantidos em convênios assinados nesta terça-feira (07.08) pelo prefeito Bernardo Rossi com a Caixa.

“Importante neste momento de crise financeira que continuamos buscando recursos da União. Só assim para que a cidade avance em obras e projetos. Os recursos próprios bancam a folha de pagamento do funcionalismo, saúde e educação. Com os convênios firmados agora, Petrópolis tem garantidos mais investimentos em obras e turismo, áreas fundamentais para a cidade”, disse o prefeito Bernardo Rossi.

Com esses convênios, a cidade alcança a marca de 25 contratos de investimentos federal em andamento. São mais de R$ 20 milhões em obras de contenção de encostas, em hospitais públicos, em pontos turísticos da cidade, pavimentação de vias, reforma de quadras e construção de novos equipamentos esportivos, entre outras áreas.

“Isso é sinal de confiança do governo federal e dos ministérios, que não iriam empenhar recursos para a cidade se não entendessem que a cidade é capaz de executá-los”, destacou o superintendente da Caixa, Petrônio Garcia. 

1,3 km de ruas serão pavimentadas

As obras de pavimentação vão acontecer nos bairros Carangola e Castelânea, somando 1,3 km de extensão. Essas obras alcançam R$ 1.468.615,22 de repasses do governo federal, com R$ 140.800,78 de contrapartida municipal (R$1.609.416,00 no total).

Para o Carangola, o investimento vai garantir uma via alternativa em melhores condições para o Vicenzo Rivetti, que recebe o maior projeto habitacional da história de Petrópolis. A Rua Vicenzo Rivetti tem circulação média de 1,9 mil veículos, mas o objetivo é fazer o arruamento de uma ligação com Corrêas com 810 metros, o que vai ajudar a escoar o trânsito de quem buscar acessar a região dos distritos. A obra será ainda mais importante após a chegada de quase 3 mil novos moradores para o bairro e prevê a implantação de sistema de drenagem, construção de meio-fio e calçada.

Na Castelânea, 500 metros a Rua Professor Cardoso Fontes, entre o Sargento Boening e a Praça Pasteur, serão reformados. Um levantamento da CPTrans mostra que o fluxo diário de veículos chega a 13,8 mil. São 185 viagens de 17 linhas de ônibus que passam pelo local, que serve de ligação para as regiões de Alto da Serra, Quitandinha e Centro. Além da pavimentação, serão feitos ainda nivelamento de caixas de passagem, soluções de acessibilidade em calçadas e sinalização vertical.

“Esses recursos são extremamente importantes para dar melhores condições para os moradores desses bairros e também dar fluidez ao trânsito, com impacto positivo para o transporte público. A Cardoso Fontes tem um grande número de veículos e linhas de ônibus que passam por ela, enquanto no Vicenzo Rivetti será criada uma outra saída para facilitar o deslocamento com a chegada de todas as famílias do Minha Casa Minha Vida do bairro”, explicou o secretário de Obras, Ronaldo Medeiros.

Reforma na Casa de Santos Dumont

No ano em que marca os 145 anos do nascimento de Alberto Santos Dumont, a casa que ele construiu em Petrópolis, “A Encantada”, também ganhará reforma. A Casa de Santos Dumont é o segundo museu mais visitado da cidade – atrás apenas do Museu Imperial – e recebeu, só primeiro semestre de 2018, 60 mil visitantes. O projeto de reforma prevê pintura interna e externa, reparos de reboco, manutenção do piso de madeira, troca de telhas de alumínio e de vidros.A construção anexa terá implementação de uma parede para melhorar a acústica, troca de piso de madeira, revisão elétrica, reboco e pintura. São R$460.952,38 de repasse do governo federal e R$5.070,48 de contrapartida (R$466.022,86 no total).

“Esses recursos são de extrema importância, pelo volume de visitantes que a Casa de Santos Dumont recebe e pelo patrimônio da cidade, que precisa ser bem cuidado”, destacou o assessor de marketing da Turispetro e presidente do Comtur, Marcelo Florêncio.

O vice-prefeito Baninho; o presidente da Câmara, Roni Medeiros e os vereadores Reinaldo Meirelles e Wanderley Taboada acompanharam a assinatura dos convênios.



Edição anterior (1367):
quarta-feira, 08 de agosto de 2018
Ed. 1367:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (1367): quarta-feira, 08 de agosto de 2018

Ed.1367:

Compartilhe:

Voltar:


Casando com Estilo








Rua Joaquim Moreira, 106
Centro – Petrópolis – RJ
Cep: 25600-000

ABRAJORI – Associação Brasileira dos Jornais do Interior