Edição: terça-feira, 14/11/2017
Compartilhe:

  Serra de Petrópolis

Prefeitura pressiona e Concer inicia pavimentação para ‘alça’ emergencial de acesso ao Rio

 

Com meia pista em três quilômetros e uma “alça” emergencial para o Rio vai ser possível desviar o trânsito pesado pela BR-040 deixando os veículos de acessar o bairro Duarte da Silveira. A prefeitura pressionou, sob ameaça judicial, para que a Concer procedesse numa intervenção simples e de baixo custo que já havia sido acordada na semana passada. No sábado (11.11), o prefeito Bernardo Rossi verificou, no local, abandono de material para asfaltamento e a intervenção paralisada. Novamente nesta segunda-feira (13.11) no local, acompanhado do vice, Baninho, Bernardo Rossi verificou o início da pavimentação do trecho que servirá de escape para o Rio.

 

“A cada movimento que a Concer não realiza para resolver a questão da estrada estamos pressionando para que a cidade tenha a solução emergencial, tanto no trânsito quanto para as famílias e, da mesma forma, a solução definitiva. A Concer não vai mais lesar a nossa cidade”, afirma o prefeito Bernardo Rossi.

 

A operação vai ser realizada a partir de quinta-feira (16.11), de acordo com a Concer. A pista sentido Juiz de Fora, vai operar em mão dupla, entre o km 81 (logo após o Túnel do Quitandinha) e o km 78. Para quem trafega no sentido Rio de Janeiro, o acesso ao trecho de mão dupla se dará na altura do km 80, onde houve o desastre que abriu a cratera na estrada. O tráfego seguirá por mão dupla até o retorno existente pouco antes do Túnel do Quitandinha. O trecho de mão dupla vai operar com velocidade limitada a 50km/h. Ultrapassagens serão proibidas.

 

A operação da mão dupla vai eliminar os desvios adotados desde o último dia 7 pela BR-393 (para carretas) e por vias municipais de Petrópolis (para automóveis e veículos leves de carga). “Isto também desafoga a Estrada União e Indústria que não poderia ser prejudicada também com tráfego pesado”, afirma o prefeito Bernardo Rossi.

 

            A mão dupla elimina também o acesso pelo Duarte da Silveira que estava sendo feito há uma semana após o acidente que abriu uma cratera de 70 metros de profundidade  e 30 metros de diâmetro na Comunidade do Contorno, às margens da BR-040 e atingindo também a estrada.

 

A passagem de veículos pesados pela Duarte da Silveira piorou o trânsito na região e as condições viárias no local.  Só na Rua Paulo Hervê, por exemplo, o fluxo de caminhões cresceu 292% desde o acidente. 


            Com isso, vários trechos das ruas estão sofrendo intenso desgaste da pavimentação, como mostra um relatório fotográfico enviado pela Companhia Petropolitana de Trânsito e Transportes à Concer - isso porque as vias são preparadas para fluxo de veículos leves. 

 

“Vamos pressionar para que o desvio funcione efetivamente a partir de quinta-feira com a sinalização e apoio humano necessários. Nossa cidade não pode perder em economia e turismo”, afirma o prefeito Bernardo Rossi.



Compartilhe:




Rua Joaquim Moreira, 106
Centro – Petrópolis – RJ
Cep: 25600-000

ABRAJORI – Associação Brasileira dos Jornais do Interior