Edição anterior (1211):
segunda-feira, 05 de março de 2018
Ed. 1211:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (1211): segunda-feira, 05 de março de 2018

Ed.1211:

Compartilhe:

Voltar:


  Cidadania

Prefeitura promoverá casamento comunitário para 60 casais

Interessados deverão procurar a Igreja Metodista Wesleyana do Bingen e Ministério Restaurar Internacional

 

A prefeitura irá realizar o sonho de 60 casais de formalizarem a união em cartório e em uma recepção aos noivos totalmente gratuitos para casais em situação de vulnerabilidade social. A iniciativa prevista para junho será realizada em parceria com as Igrejas Metodista Wesleyana do Bingen e Ministério Restaurar Internacional que ficarão responsáveis, a partir deste mês, por reunir os interessados em se casar.

Para se inscrever, a lei de isenção exige, dentre os requisitos, que o casal seja residente em Petrópolis, comprove situação de baixa renda – com a renda mensal de até dois salários mínimos e esteja vivendo em união estável ou tenha filhos.

A secretária de Assistência Social, Denise Quintella, afirma que a prefeitura também buscará parcerias para a produção das noivas, com maquiagem e cabelo, além de um bolo com refrigerante para a recepção dos noivos.

“A prefeitura conseguiu as isenções para o casamento em parceria com o Governo do Estado e fomos procurados pelos pastores de ambas as igrejas que estavam tentando realizar o casamento de alguns membros. Em conjunto decidimos unir todos os casais em uma celebração só, mas cada casal deverá ir até o cartório agendar o casamento individualmente após preenchermos os formulários com todos os requisitos de isenção”, informa Denise Quintella.

Os pastores Joelson Christi, da Igreja Metodista Wesleyana do Bingen e José do Nascimento Memória da Igreja Mistério Restaurar Internacional já estão com 30 casais selecionados. Eles esperam que com a divulgação da oportunidade de casamento, novos casais busquem as igrejas para inscrição.

“Não temos problema algum em reunir os casais das duas igrejas, vamos selecionar um lugar que acomode todo mundo, com um número limitado de familiares, mas queremos fazer uma decoração e celebração bonita que agrade a todos”, afirmaram.

Uma das noivas mais ansiosa é a manicure Monica Vieira Serpa de 46 anos que mora há 19 anos com o mestre de obra Antonio Xavier Saldanha de 50 anos. Para ela, formalizar o casamento é um sonho realizado.

“Eu estou muito feliz e ansiosa. Eu e meu marido estamos junto há 19 anos, mas eu sempre quis fazer o meu casamento. Tivemos um inicio de relacionamento um pouco conturbado, pois ambos estavam separados, com filhos, mas o amor falou mais alto e hoje criamos nossos filhos juntos, temos um neto e mais um a caminho. Hoje eu tenho a certeza que Deus vai realizar mais esse sonho graças a ajuda de vocês”, afirma Monica Vieira Serpa.

A Secretaria de Assistência Social irá realizar uma reunião com cada grupo de casais a fim de orientar sobre como funciona a isenção do casamento, documentos a serem apresentados e projetos para a celebração. A secretária Denise Quintella explica que é importante que todos tenham ciência que há requisitos a serem seguidos para conseguir a gratuidade. Ela anuncia ainda que todas as famílias serão cadastradas no cadúnico para receber programas sociais do governo.

“Queremos orientá-los de todas as etapas para que eles tenham a ciência que nós iremos disponibilizar o formulário, preencher com eles, após a avaliação dos documentos e eles que deverão agendar o cartório para o casamento. A cerimônia será apenas uma celebração com todos juntos, mas o casamento no cartório é individual. Essa aproximação com os casais é importante para que eles conheçam os serviços e programas da nossa secretaria”, disse.

 



Edição anterior (1211):
segunda-feira, 05 de março de 2018
Ed. 1211:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (1211): segunda-feira, 05 de março de 2018

Ed.1211:

Compartilhe:

Voltar:

Casando com Estilo








Rua Joaquim Moreira, 106
Centro – Petrópolis – RJ
Cep: 25600-000

ABRAJORI – Associação Brasileira dos Jornais do Interior