Edição: quarta-feira, 06/12/2017
Compartilhe:

  Geral

Prefeitura prorroga recadastramento do Cartão Imperial na Estrada da Saudade, Machado Fagundes e Boa Vista

Atualização de dados acontecerá até 14 de dezembro de 9 às 16h

329 famílias recebem o benefício na região, apenas 227 se recadastraram

            A prefeitura prorrogou até o dia 14 de dezembro o recadastramento do Cartão Imperial dos moradores da Estrada da Saudade, Machado Fagundes e Boa Vista. Na região, 369 famílias recebem o benefício, destes, 227 realizaram a atualização dos dados. A prefeitura está mobilizando os moradores para que compareçam na LBV - Legião da Boa Vontade localizada na Rua Luiz Pelegrini, 128, Estrada da Saudade, de 9 às 16h, a fim de realizar o cadastro e manter o recebimento do benefício dentro do prazo.

O processo teve início no dia 23 de outubro e foi dividido em ordem alfabética para que contemplasse toda a região até dezembro. A Secretaria de Assistência Social reforça que os moradores que não conseguiram ir durante a fase de convocação podem comparecer na unidade em qualquer dia da semana para realizar a atualização dos dados.

A meta da prefeitura é manter ativo o benefício dos que comprovarem a situação de vulnerabilidade social, de insegurança alimentar e/ou nutricional para manter o recebimento de R$ 70 mensais. A convocação dos beneficiados vem sendo realizada junto aos Centros Comunitários, unidades de Saúde e igrejas da região.

             “Prorrogamos o prazo para dar uma nova chance aos moradores. Essa é uma região muito populosa e por conta disso, nós dividimos o recadastramento em ordem alfabética. Agora é o momento de todos que perderam os prazos buscarem a unidade para atualizar os dados, o importante é não deixar de se recadastrar”, explica Denise Quintella, secretária de Assistência Social.

As famílias que não se recadastrarem terão inicialmente o benefício bloqueado por 30 dias. Atualmente o município tem 3.080 pessoas com os cadastros atualizados e 1.063 usuários já desligados do programa por não comprovarem a situação de vulnerabilidade social, de insegurança alimentar e/ou nutricional.

 “O desligamento não é automático, primeiramente o benefício é bloqueado, então a família que não conseguir sacar o valor do benefício deve procurar atendimento no CRAS mais próximo de sua residência ou o atendimento junto à Secretaria localizada no Centro Administrativo da prefeitura na Avenida Barão do Rio Branco para avaliar o cadastro. No próximo ano iremos revisar todos os dados para verificar se há a necessidade de realizarmos novos processos de recadastramento em algumas regiões”, afirma Denise Quintella.

 Como se recadastrar?

O recadastramento do Cartão  Imperial garante o recebimento do benefício aos atendidos que estejam dentro dos critérios do programa, ou seja, que comprovem situação de vulnerabilidade social e estejam devidamente cadastradas no Cadastro Único para Programas Sociais (CadÚnico). Caso a família não atualize os dados, o benefício é inicialmente bloqueado para que a pessoa entre em contato com a Secretaria de Assistência Social para regularizar o cadastro.

A convocação das famílias é realizada por telefone por uma equipe da Secretaria de Assistência Social. Para fazer o recadastramento, o usuário deve levar documento de identificação, CPF, comprovante de residência, carteira de trabalho ou comprovante de renda, certidão de nascimento dos filhos menores, comprovante de escolaridade e carteira de vacinação dos menores de 10 anos. 

Pessoas com deficiência ou portadores de doença crônica devem apresentar laudo ou comprovante de acompanhamento médico. Em casos de dúvidas, os moradores podem entrar em contato pelos telefones (24) 2233-8109 e 2233-8110.

 

 

 



Compartilhe:




Rua Joaquim Moreira, 106
Centro – Petrópolis – RJ
Cep: 25600-000

ABRAJORI – Associação Brasileira dos Jornais do Interior