Edição: sexta-feira, 06/07/2018
Compartilhe:

  Cidade

Prefeitura recebe recursos para pavimentação em Castelânea e Carangola

A Rua Professor Cardoso Fontes e a ligação entre o Vicenzo Rivetti e Caetitu receberão melhorias

 

A Rua Professor Cardoso Fontes, na Castelânea, e a e ligação entre o Vicenzo Rivetti, no Carangola, e o Caetitu, em Corrêas, vão receber pavimentação. Os serviços serão possíveis a partir emendas recebidas pela cidade para atender esses bairros. Juntas, essas ruas possuem 1,3 km de extensão e vão atender esses locais de diferentes formas.

No caso da Castelânea, o trabalho será feito desde o Sargento Boening até a Praça Pasteur. A Rua Professor Cardoso Fontes tem fluxo diário de quase 21,5 mil veículos em média – sendo que mais de metade, cerca de 12 mil, circula em horários de pico (pela manhã e no fim da tarde/início da noite). Essa via também serve de itinerário para 19 linhas de transporte público e é uma alternativa de trajeto para acessar o Alto da Serra, Quitandinha e Centro.

Já no Carangola, a pavimentação também servirá para criar uma alternativa de escoamento do trânsito no Vicenzo Rivetti, que vai receber 776 famílias que vão morar no conjunto habitacional construído no local.

“São projetos importantes porque atendem demandas específicas de cada local. Na Castelânea, há um fluxo intenso de carros e ônibus, o que só reforça a necessidade de manter as melhores condições viárias no local. E no VicenzoRivetti, é praticamente a construção de uma rua nova que vai atender os futuros moradores do Minha Casa Minha Vida do local, dando uma boa alternativa para quem quiser se dirigir para Corrêas ou para os outros distritos. Isso só é possível graças à parceria do município com o governo federal, que tem liberado emendas para os projetos maiores, que a prefeitura não consegue fazer sozinha”, destaca o prefeito Bernardo Rossi.

Os convênios com o governo federal já foram assinados, o que permite a prefeitura apresentar os projetos executivos e dar início ao procedimento licitatório.

Na Professor Cardoso Fontes, a última grande reforma ocorreu em 2003 e, por isso, além das melhorias de asfalto em 500 metros de extensão por sete metros de largura da pista, também será feito um novo serviço de sinalização vertical, para reduzir o risco de acidentes. O Ministério das Cidades entra com um aporte de R$ 461 mil, enquanto a prefeitura dá uma contrapartida de R$ 7,5 mil.

No Vicenzo Rivetti, o projeto básico prevê arruamento, construção de meios-fios e de calçadas, sistema de drenagem e pavimentação asfáltica em 810 metros de extensão por seis meses de largura. Por parte do governo federal, foram liberados R$ 1.008 milhão, com a prefeitura dando contrapartida de R$ 133 mil.



Compartilhe:


Casando com Estilo



Rua Joaquim Moreira, 106
Centro – Petrópolis – RJ
Cep: 25600-000

ABRAJORI – Associação Brasileira dos Jornais do Interior