Edição anterior (1216):
sábado, 10 de março de 2018
Ed. 1216:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (1216): sábado, 10 de março de 2018

Ed.1216:

Compartilhe:

Voltar:


  Chuvas

Prejuízo de produção rural no Caxambu pode chegar a R$ 5 milhões

339 produtores impactados diretamente pela chuva no Caxambu

 

Um levantamento preliminar feito pelo Departamento de Agricultura da Secretaria de Desenvolvimento Econômico constatou que 339 pessoas que trabalham na produção rural foram atingidas diretamente pela forte chuva que causou estragos na região do Caxambu no último sábado (03.03). O prejuízo estimado dos produtores da região, com relação ao que foi perdido da produção já chega a R$ 3 milhões. Somando-se as perdas materiais, como carros, motos e máquinas para o plantio, o prejuízo pode chegar a R$ 5 milhões.

O resultado é preliminar. No Caxambu, cerca de 150 famílias vivem da produção rural. A equipe do Departamento de Agricultura continua visitando a região, já que a estimativa é de que 30% dos produtores ainda não foram cadastrados. Os dados, consolidados, vão permitir apresentação de projetos para a recomposição, além das ruas e acessos, das plantações. A Secretaria de Desenvolvimento Econômico está recebendo auxílio da Emater-Rio, Sindicato Rural e Associação dos Produtores do Caxambu, na realização desse levantamento.

“Estamos em contato permanente com a associação dos produtores do local. O resultado será enviado para a Defesa Civil, que está coordenando as ações junto ao Ministério da Integração Nacional. Esperamos que a ajuda federal chegue o mais rápido possível para que os produtores possam recomeçar as suas atividades”, disse o secretário de Desenvolvimento Econômico, Marcelo Fiorini.

“Continuamos visitando os produtores e fazendo um relatório com as perdas de cada um deles. Há pessoas que perderam carros, motos, a plantação e até mesmo as máquinas utilizadas para o plantio dos produtos”, explicou o diretor do Departamento de Agricultura da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, José Maurício Soares.

A  Secretaria Nacional de Defesa Civil reconheceu o decreto de situação de emergência assinado pelo prefeito Bernardo Rossi para as localidades de Caxambu e Bela Vista e a Prefeitura já está trabalhando para apresentar ao Ministério da Integração Nacional projetos de intervenções para recuperação destes locais. A Posse, também atingida por chuvas na quarta-feira, será incluída. O prefeito Bernardo Rossi já garantiu o apoio do governo federal em contato com o ministro Helder Barbalho para a resposta rápida a estes locais e um técnico do ministério, baseado no Rio, já fez visita em campo.

Levantamento também será feito na região da Posse

A forte chuva que caiu sobre a região da Posse na quinta-feira (08.03) também causou estragos nas estradas vicinais da região do Brejal. A equipe do Departamento de Agricultura da Secretaria de Desenvolvimento Econômico também vai percorrer a região e fazer o levantamento sobre as perdas dos produtores rurais. “Vamos fazer o mesmo trabalho realizado no Caxambu. Conversar com os produtores e fazer o levantamento das perdas financeiras desse público. Ainda não temos números computados, mas sabemos que as estradas da região foram bastante prejudicadas”, contou José Mauricio Soares.



Edição anterior (1216):
sábado, 10 de março de 2018
Ed. 1216:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (1216): sábado, 10 de março de 2018

Ed.1216:

Compartilhe:

Voltar:

Casando com Estilo








Rua Joaquim Moreira, 106
Centro – Petrópolis – RJ
Cep: 25600-000

ABRAJORI – Associação Brasileira dos Jornais do Interior