Edição anterior (1427):
domingo, 07 de outubro de 2018
Ed. 1427:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (1427): domingo, 07 de outubro de 2018

Ed.1427:

Compartilhe:

Voltar:


  Turismo

Primavera: orquidários em Petrópolis, uma boa opção de turismo

Petrópolis se despediu da alta temporada, com o fim do inverno, mas não faltam opções para curtir a primavera na cidade. Segundo o trade turístico, nesta época do ano, além dos pontos tradicionais, os circuitos mais procurados são Museu Imperial, Parque Cremerie, Vale do amor e Caminhos do Brejal. Seguindo essa demanda de natureza, os orquidários também movimentam o turismo da região. São mais de dez espalhados pelos distritos da cidade.

 

Como mais uma opção de visitação para o período da primavera, os orquidários oferecem uma ampla diversidade de espécies da flor. O mercado de cultivo de orquídea está se consolidando na região e se tornando uma referência no estado do Rio de Janeiro. De acordo com o produtor Luiz Strzalkowski, o seu orquidário localizado em Santa Mônica – Itaipava recebe grupos de visitantes de outros estados.

“Eu recebi um grupo de Belo Horizonte e vou receber mais um grupo de Cabo Frio. Durante o passeio ao orquidário, eu vou explicando todo o processo de cultivo. Vou contando desde a hibridação até o florir. Também dou dicas de como cuidar e manter a orquídea”, contou Luiz que possui mais de 40 mil plantas em andamento, ou seja, que estão prestes a florir.

Segundo o produtor que está no mercado há mais de 50 anos, a espécie que melhor se adapta ao clima da serra é a orquídea cattleya, que possui em torno de 70 tipos, e é a mais vendida. O gênero de orquídea phalaenopsis possui aproximadamente 50 tipos, e apesar de existir a produção na região, ela não se adapta ao frio e precisa ficar protegida em estufas.

“Nosso objetivo é sempre valorizar os pequenos empreendedores de toda região. Os turistas gostam de produtos e cultivos feitos em Petrópolis, e isso movimenta a economia da cidade. Estamos sempre valorizando nossos produtores locais e dando espaço para eles em nossos eventos”, ressalta o secretário da Turispetro, Marcelo Valente. 

A pedagoga de Nova Friburgo, Simone Barros, contou que é a terceira vez que vem a Petrópolis e dessa vez ficou hospedada em Nogueira, pois pretende visitar um orquidário. “Chegamos na terça e vamos ficar até sexta-feira. É a primeira vez que meu filho vem em Petrópolis. Aqui temos muito contato com a história do Brasil e poucos lugares são preservados como aqui. O verde da cidade parece pintura, é lindo. Amanhã eu quero visitar o orquidário para conhecer esse lado da cidade. Adoro vir aqui, me sinto acolhida, cidade grande com características de cidade pequena”, contou a pedagoga.

Investimento nos produtores locais

Visando valorizar os pequenos empreendedores da região, o município organiza feiras e eventos no Palácio de Cristal para incentivar e descobrir novos microempreendedores a entrar no mercado regional.  O próximo encontro é a quarta edição Agroserra que acontece do dia 12 ao 14 de outubro no Palácio de Cristal.

 

 



Edição anterior (1427):
domingo, 07 de outubro de 2018
Ed. 1427:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (1427): domingo, 07 de outubro de 2018

Ed.1427:

Compartilhe:

Voltar:

Casando com Estilo








Rua Joaquim Moreira, 106
Centro – Petrópolis – RJ
Cep: 25600-000

ABRAJORI – Associação Brasileira dos Jornais do Interior