Edição anterior (1361):
quinta-feira, 02 de agosto de 2018
Ed. 1361:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (1361): quinta-feira, 02 de agosto de 2018

Ed.1361:

Compartilhe:

Voltar:


  Greve

Profissionais da educação em greve fazem manifestação na Câmara Municipal

Yuri Lima yuri.lima@diariodepetropolis.com.br

 

Na tarde de ontem, os profissionais da educação manifestaram-se em frente à Câmara Municipal de Petrópolis. A categoria solicitava a aprovação de uma indicação legislativa e a redação de um ofício, solicitando uma reunião entre a Prefeitura e os educadores. A greve continuará hoje, com um ato marcado para às 10h, na Praça Dom Pedro II.

- Queremos que os vereadores entrem na luta conosco, estamos solicitando uma indicação legislativa sobre as 30 horas e um ofício solicitando cumprimento do reajuste anual e o cumprimento do PCCs. Estamos aqui para garantir que todos assinem – afirmou Rose Silveira, presidente do Sindicato dos Profissionais da Educação.

Para a presidente da Comissão de Educação da Câmara, vereadora Gilda Beatriz (MDB), a causa dos profissionais é justa e afirmou que é um dever da comissão atuar junto aos educadores. Na sessão plenária, a vereadora fez a leitura de um ofício que será encaminhado para a Prefeitura, solicitando uma reunião.

O presidente da Câmara, vereador Roni Medeiros (PTB), afirmou que não é deliberação da Câmara Municipal a aprovação de qualquer reajuste da categoria, sendo responsabilidade da Prefeitura.

Em nota, a Prefeitura afirmou que das 184 unidades escolares da rede municipal – Escolas e Centros de Educação Infantil – 60 funcionaram normalmente ontem. Ainda segundo o Departamento de Inspeção Escolar da Secretaria de Educação, 84 unidades funcionaram parcialmente e 38 não funcionaram.

O Município ainda declara que segue com a política de austeridade e controle rigoroso de gastos, por conta da crise econômica nacional - agravada em Petrópolis pelo montante de dívidas acumuladas por antigos gestores, que alcança R$ 766 milhões, dos quais R$ 81 milhões pagos por esta gestão.

Ainda afirma que hoje todos os esforços dos gestores estão concentrados em garantir em dia o pagamento do funcionalismo público - folha de pagamento que alcança R$ 525 milhões por ano. Tanto que entre os dias 20 e 30 do mês passado o pagamento a fornecedores foi suspenso para que toda a arrecadação que entra nos caixas da prefeitura fosse integralmente usada no pagamento da folha, quitada na terça-feira (31).

Além de completar, declarando que a atual gestão já convocou 86 profissionais concursados e que, como vem fazendo desde o início do governo, a atual gestão mantém aberto o canal de comunicação com os sindicatos que representam os servidores, aposentados e pensionistas.

Segundo a Prefeitura, os números referentes à política de austeridade adotada pela atual gestão desde os primeiros dias de governo frente à crise econômica nacional e de dívidas acumuladas por gestões passadas foram pontuadas para os diretores das 184 unidades educacionais da rede municipal – 114 escolas e 70 Centros de Educação Infantil – ontem durante uma reunião no Theatro Dom Pedro. O encontro, que contou com a participação da equipe financeira do governo, teve como intenção retirar dúvidas e pontuar as ações do governo para garantir os salários dos servidores em dia e os estudos de impacto que estão sendo realizados para pagar direitos dos servidores como triênios e qüinqüênios, além da liberação de licenças prêmio.

O encontro pontuou as dificuldades financeiras do governo e também fez um apelo para que as aulas sejam retomadas e os alunos não tenham prejuízos. A folha de pagamento de julho quitada e a antecipação de 25% do 13º salário nesta terça-feira (31) foram citados como esforços do governo em preservar o funcionalismo.



Edição anterior (1361):
quinta-feira, 02 de agosto de 2018
Ed. 1361:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (1361): quinta-feira, 02 de agosto de 2018

Ed.1361:

Compartilhe:

Voltar:

Casando com Estilo








Rua Joaquim Moreira, 106
Centro – Petrópolis – RJ
Cep: 25600-000

ABRAJORI – Associação Brasileira dos Jornais do Interior