Edição anterior (1452):
quinta-feira, 01 de novembro de 2018
Ed. 1452:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (1452): quinta-feira, 01 de novembro de 2018

Ed.1452:

Compartilhe:

Voltar:


  Educação
 

Projeto Ensinar Para Mudar realiza Novembro Solidário

Campanha pretende arrecadar kits escolares para alunos carentes

Começa nesta quinta-feira, 01, a campanha Novembro Solidário 2018. Durante todo o mês, serão arrecadados kits escolares para atender aos cerca de 400 alunos que passarão pelo projeto social Ensinar Para Mudar ao longo de 2019. Assim como as aulas em dez cursos livres diferentes, esse material também é oferecido gratuitamente aos alunos.

Em nove anos, mais 2.800 pessoas já foram atendidas pelo EPM. Entre elas está a Gabriella de Souza, de 10 anos. Ela participou do Módulo Kids de Informática e conta que as aulas ajudaram não só a ela, mas também a outras pessoas da família pra quem ela pode ensinar tudo o que aprendeu ali.

“Aqui eles explicam tudo bem direitinho até a gente entender. Depois que eu aprendi, eu já ajudei a minha prima e minha avó que não sabe mexer bem no computador” – contou a aluna, orgulhosa. 

Sem nenhum fim lucrativo, o objetivo do Ensinar Para Mudar é levar integração social e contribuir para a capacitação profissional do maior número possível de pessoas. Sabendo da importância do conhecimento de um segundo idioma para o mercado de trabalho e sem condições de pagar um curso particular, Marina Gomes se inscreveu no projeto para as aulas de inglês e já está vendo os resultados nas notas da escola. Agora, ela pretende continuar se aprimorando.

“O mercado de trabalho é muito exigente, por isso eu quero me qualificar. Ano que vem pretendendo fazer outro curso aqui. Os professores são muito bons. Aqui eu me sinto acolhida.” – disse Marina, fazendo planos para o futuro.

Para contribuir com a campanha, basta adquirir o kit escolar que é composto por cinco itens e custa R$5,00, ou mesmo parte dele, e depositar na urna instalada na papelaria Semadri, na Rua do Imperador, 653. A cada kit arrecado, a papelaria doa outro à campanha, em forma de apoio ao projeto.

“Nós ajudamos porque a gente conhece a seriedade do projeto. Eu acho muito importante a iniciativa privada colaborar com campanhas como essa.” - relatou o empresário Sérgio Luiz Mayworm, proprietário da papelaria parceira.

Duas vezes ao ano, o projeto EPM abre novas vagas para cursos livres gratuitos, oferecidos por professores e colaboradores voluntários. Interessados em contribuir para que este trabalho continue, cresça e se aprimore a cada dia mais, podem fazer suas doações durante todo o ano nas “caixinhas solidárias”, instaladas em diversos estabelecimentos da cidade. Para conhecer esses locais e saber um pouco mais sobre o projeto, basta entrar no site www.ensinarparamudar.com.br.

 Serviço:

 Campanha Novembro Solidário

 Doações: Papelaria Semadri - Rua do Imperador, 635.

 Projeto Ensinar para Mudar

 Rua Quissamã, 1737, Quissamã – Petrópolis

contato@ensinarparamudar.com.br

 http://www.ensinarparamudar.com.br

 



Edição anterior (1452):
quinta-feira, 01 de novembro de 2018
Ed. 1452:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (1452): quinta-feira, 01 de novembro de 2018

Ed.1452:

Compartilhe:

Voltar:


Casando com Estilo








Rua Joaquim Moreira, 106
Centro – Petrópolis – RJ
Cep: 25600-000

ABRAJORI – Associação Brasileira dos Jornais do Interior