Edição anterior (1245):
domingo, 08 de abril de 2018
Ed. 1245:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (1245): domingo, 08 de abril de 2018

Ed.1245:

Compartilhe:

Voltar:


  Economia

Protesto de títulos pode ajudar a combater a inadimplência

Pesquisa do SPC Brasil revela redução do índice de recuperação de crédito em fevereiro e CDL Petrópolis aponta protesto de títulos como caminho para evitar prejuízo com dívidas não pagas

O Indicador de Recuperação de Crédito do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) em todo o país apresentou um  recuo de -0,80% no último mês de fevereiro, se considerado o acumulado em 12 meses. Isto é, o número de exclusões de registros de inadimplência mediante pagamento integral da dívida ou renegociação do débito caiu em todo o país e, considerando-se apenas a região Sudeste, a queda foi de -6,39% . Esse dado preocupante para o comércio levou o presidente da CDL Petrópolis Luiz Felipe Caetano da Silva e Souza a lembrar aos empresários do setor sobre a importância de, além do registro no SPC Brasil, protestar os títulos, depois de esgotados os procedimentos de cobrança.

- O protesto de títulos é um instrumento muito eficiente para combater a inadimplência. Nós temos consciência que o momento de crise econômica do país é sério e delicado, mas os empresários que geram emprego e renda precisam receber seus créditos. Então se as cobranças não surtem efeito e se as possibilidades de negociação das dívidas não avançam, por que não protestar? Ainda mais que os associados da CDL Petrópolis podem se valer de um convênio que os isenta das custas iniciais do processo e nós temos informações de que muitos filiados que optaram pelo protesto têm tido sucesso na recuperação de seus créditos – afirma Luiz Felipe.

O convênio em questão foi firmado com o Instituto de Estudos de Protestos de Títulos do Brasil, Seção RJ, e proporciona uma economia considerável às empresas e profissionais liberais associadas à CDL Petrópolis que, ao contrário do que acontece normalmente, não precisam pagar para dar início ao processo de protesto.

Para que o associado à CDL Petrópolis possa usufruir dos benefícios desse convênio, é preciso assinar um termo de adesão, diretamente na sede da entidade ou, imprimindo o formulário que está disponível no site www.cdlpetropolis.com.br.

Os títulos de crédito que podem ser protestados são diversos, desde notas promissórias, duplicatas e até contratos ou um cheque, nesse caso, respeitando-se as limitações legais que se referem à alínea que determinou a devolução e aos prazos específicos do cheque, de acordo com as normas do Banco Central.

 O Indicador de Recuperação de Crédito mostra a evolução da quantidade de devedores que deixaram o cadastro de inadimplentes num dado mês por conta do pagamento das suas pendências em atraso, bem como a quantidade de dívidas. Para isso, são usados os registros de saída de CPFs das bases a que o Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) tem acesso. Os dados são de abrangência nacional.



Edição anterior (1245):
domingo, 08 de abril de 2018
Ed. 1245:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (1245): domingo, 08 de abril de 2018

Ed.1245:

Compartilhe:

Voltar:


Casando com Estilo








Rua Joaquim Moreira, 106
Centro – Petrópolis – RJ
Cep: 25600-000

ABRAJORI – Associação Brasileira dos Jornais do Interior