Edição anterior (1429):
terça-feira, 09 de outubro de 2018
Ed. 1429:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (1429): terça-feira, 09 de outubro de 2018

Ed.1429:

Compartilhe:

Voltar:


  Polícia

Publicitária morre em acidente de carro no Bingen

Daniela Curioni - especial para o Diário

 

 

A publicitária Priscila Vogel, de 31 anos, morreu após cair com o carro que dirigia no rio Piabanha, no Bingen, na madrugada de domingo (7). A petropolitana  que era filha única, morava no bairro do Flamengo, no Rio de Janeiro e, segundo a família, ela estava em Petrópolis para votar e visitar os pais.

 

Segundo os bombeiros, o acidente aconteceu por volta das 4h de domingo (7), na Rua Bingen, próximo ao supermercado Celma. A Polícia foi acionada para registrar a ocorrência e realizar a perícia.

De acordo com informações da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros, a publicitária estava sozinha no momento do acidente. O veículo, da marca HB20, caiu com as rodas para cima no rio.  O corpo foi velado e enterrado nessa segunda-feira (8), às 11h, no Cemitério Municipal.

Muito emocionada, a mãe de Priscila, Teresa Cristina Lopes da Silva,  contou que a filha estava próximo de casa no momento do acidente.

- Ela já estava quase chegando em casa. Fomos avisados por um policial que foi até minha casa informar sobre o acidente. Quando cheguei ao local, encontrei minha filha única dentro de um saco plástico - disse a mãe, comovida.

Segundo a mãe,  o laudo do IML apontou uma fratura de crânio, fratura na coluna cervical e asfixia.

- Se minha filha sobrevivesse, ela não ia mais andar e talvez ficasse com sequelas muito graves. É muito difícil - disse Teresa.

Ainda de acordo com ela, a filha estava trafegando em baixa velocidade e tinha óleo na pista.

- No local do acidente foi possível ver que a pista tinha óleo, segundo as informações que eu recebi, ela estava devagar,  o carro derrapou por causa do óleo na pista e ela perdeu a direção e caiu no rio - explicou.

Teresa contou que Priscila era uma menina batalhadora, alegre e uma filha amorosa e dedicada.

- Ela aproveitou que tinha que votar e veio para passar o fim de semana  com a família. Ela está morando no Rio há quatro anos por causa do trabalho e sempre que podia vinha visitar a gente.

Amigos de Priscila Vogel usaram as redes sociais para lamentar a morte da publicitária.

Entre os relatos emocionados, uma amiga a definiu como uma pessoa muito alegre.

- Tenho muitas recordações de alegrias e comemorações! Ela vivia intensamente! Era tão alegre! Sempre queria brindar a vida! Inteligente, escrevia com uma profundidade incrível - disse.

Outra disse:

- Ela era amiga de meu filho há mais de 15 anos. Era uma amiga que me visitava, que vinha aos meus aniversários, que conversávamos como se tivéssemos a mesma idade. Eu adoro a Pri! Ela nunca será passado – afirmou Malu Cabral.

No mês passado, o número de vítimas de trânsito que foram levadas à Sala de Trauma do Hospital Santa Teresa (HST), caiu 17%: 87 pessoas foram atendidas.



Edição anterior (1429):
terça-feira, 09 de outubro de 2018
Ed. 1429:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (1429): terça-feira, 09 de outubro de 2018

Ed.1429:

Compartilhe:

Voltar:


Casando com Estilo








Rua Joaquim Moreira, 106
Centro – Petrópolis – RJ
Cep: 25600-000

ABRAJORI – Associação Brasileira dos Jornais do Interior