Edição: segunda-feira, 12/03/2018
Compartilhe:

  Cidade

Quase 12 mil pessoas já utilizam aplicativo para verificar os ônibus em tempo real

            App pode ser baixado em aparelhos com iOS, Android e localização pode dos veículos também pode ser acessada pelo site

Ônibus executivos também já foram cadastrados no aplicativo

            Com quase 12 mil acessos de diferentes dispositivos, o aplicativo Vá de Ônibus tem se tornando referência para o planejamento da rotina dos usuários petropolitanos. Lançado há pouco mais de um mês, o app surge como principal aliado para que o usuário vá para o ponto de ônibus apenas quando o veículo estiver chegando, uma vez que o software, disponível para smartphones Android, iOS e também pela internet pelo site www.vadeonibus.com.br, utiliza o GPS dos coletivos para indicar a localização do itinerário que o veículo está. As linhas de ônibus executivas também foram incluídas no sistema, aumentando a oferta e a previsibilidade de ônibus para os usuários. Pelo app também é possível calcular rotas, localizar os pontos de ônibus mais próximos ao usuário, consultar itinerários para seguir de um ponto ao outro da cidade de todas as 241 linhas urbanas disponíveis em Petrópolis.

            Dentre os usuários que utilizam a tecnologia, os clientes de smartphone lideram, com folga, os acessos: são 8.211 usuários, sendo 6.918 utilizando celulares com Android e 1.293 aparelhos com iOS. Pelo site, são 3.379 usuários verificando onde os veículos estão. A expectativa da CPTrans e do Setranspetro, responsável pela elaboração do Vá de Ônibus, juntamente com o Fetranspor, é que o número continue crescendo, chegando a beneficiar os mais de 90 mil usuários de ônibus de Petrópolis. Quem já aproveita as vantagens do aplicativo é a manicure Juliane Teixeira Ramos, moradora do Quitandinha. Ela atende as clientes em casa e fiz que usar o app já se tornou rotina para a organização do seu dia a dia.

            “Uso o aplicativo, pelo menos, quatro vezes ao dia. Por atender nas casas das clientes, utiliza muito o ônibus e saber onde eles estão faz com que minha rotina seja muito mais fácil. Hoje, depois de usar o aplicativo ao longo de um mês, já consigo até ter noção de quanto tempo ele precisa para chegar aonde eu estou. Isso me facilita demais, porque consigo atender a mais clientes ‘de última hora’. Eu recomendo para todo mundo que eu conheço porque realmente funciona. Você consegue saber onde o ônibus está, consegue descobrir qual o ônibus precisa pegar para ir a um determinado lugar. É muito bom!”, elogia a manicure.

Para elaboração do Vá de Ônibus, foi necessário o mapeamento de todas as ruas da cidade, dos pontos de ônibus existentes e o cadastro de cada uma das linhas. Vale lembrar que plataforma do Vá de Ônibus também localiza linhas de outros municípios do estado, por tanto, é importante que o usuário, ao fazer a busca, selecione exatamente a linha que precisa.

“Ver o usuário petropolitano aderindo ao Vá de Ônibus é uma grande satisfação. Sua elaboração foi um processo que exigiu trabalho, por vezes, manual. Percorremos toda a cidade para poder fazer com que o sistema funcione da melhor maneira possível. Tivemos um trabalho muito grande, mas é com muita satisfação que pudemos disponibilizá-lo na 14ª CMTT”, destaca o diretor-presidente da CPTrans, Maurinho Branco, destacando que, também é possível utilizar o site para traçar as rotas e verificar a localização dos ônibus.

O site permite, ainda, que o usuário escolha o melhor itinerário para chegar ao destino desejado. Nele, todas as alternativas de viagens são apresentadas, incluindo números e nomes das linhas, eventuais transbordos, distâncias percorridas pelas linhas, trechos a serem percorridos a pé e o valor total a ser pago. Ao fazer a opção, seja ela por custo, distância, caminhada ou transbordos, o usuário terá acesso a todos os detalhes do percurso, ou seja, um passo a passo entre o local de origem informado e o local onde se pretende chegar.

A gerente de planejamento do Setranspetro, Carla Rivetti, destaca que o principal objetivo do aplicativo é dar previsibilidade. “Com isso, os clientes das empresas têm a oportunidade de escolher o que quer fazer: aguardar no ponto, ir pagar uma conta ou fazer alguma outra coisa. Isso é um grande avanço, que torna o serviço mais eficiente e diminui, para o usuário, o tempo de espera nas filas”, destaca.

 

Dicas para uso do aplicativo:

Após baixar gratuitamente na Apple Store ou Google Play o usuário deve autorizar o sistema para acessar a sua localização. Feito isso é só começar a usar. É importante que o usuário, ao escolher a opção de endereço, tanto no campo “Onde você está”, como no campo “Aonde você quer ir”, fique atento para colocar o nome correto da rua – o que vai garantir o sucesso na busca.

- Escolha na lista de municípios aquele em que você se encontra e aquele para o qual deseja ir.

- Não digite as palavras “rua”, “avenida”, “estrada”, etc. Informe apenas o nome do logradouro.

- Nos logradouros (ruas, avenidas, travessas, etc) cujos nomes tenham três ou mais palavras, digite somente uma das palavras que compõem o nome.

- Termos como presidente, coronel, general, marechal, senador, etc não devem ser digitados.

- Não digite acentos, cedilha ou hífen.

- Não use preposições.

- Para nomes de logradouros que possam apresentar grafias distintas, tente todas as grafias possíveis. Manga Larga, em Itaipava, por exemplo, é encontrado como Jerônimo Ferreira Alves.

- Logradouros com numerais digite por extenso.

- Você pode informar o número do logradouro.“Onde você está” ou “Aonde você quer ir”. A informação não é obrigatória, mas ajuda na busca de linhas de ônibus que passem o mais próximo do número informado.

- Caso você não encontre o endereço desejado, procure usar nomes de logradouros conhecidos e movimentados que sejam próximos aos pontos de partida ou chegada que você procura.

Percurso passo a passo:

A explicação abaixo considera a utilização de apenas uma linha:

- O primeiro passo informa como chegar ao ponto de embarque e onde fica localizado. Se houver necessidade de caminhar até o ponto, é informada a distância aproximada em metros a ser percorrida a pé entre o local de origem e o ponto de embarque.

- O segundo passo informa o nome e número da linha na qual o usuário deve embarcar.

- O terceiro passo informa o ponto de desembarque.

- O quarto passo informa como chegar ao destino desejado. Se houver necessidade de caminhar, é informada a distância aproximada em metros a ser percorrida entre o ponto de desembarque e o local de destino.



Compartilhe:


Casando com Estilo



Rua Joaquim Moreira, 106
Centro – Petrópolis – RJ
Cep: 25600-000

ABRAJORI – Associação Brasileira dos Jornais do Interior