Disque entulho    Educação
domingo, 13/08/2017
Voltar

#QueimadaNão chega a quase mil alunos da rede municipal em uma semana

Trabalho foi realizado nas escolas da Posse e do Brejal

Na semana que vem, será a vez dos colégios em Pedro do Rio, Secretário e Itaipava

A campanha da prefeitura #QueimadaNão chegou a quase mil alunos da rede municipal em uma semana. O trabalho visa conscientizar a população sobre os riscos das queimadas e solturas de balões. Neste período a ação esteve concentrada na Posse e no Brejal, áreas consideradas com maior risco de incidência de incêndios florestais. Na semana que vem, será a vez das escolas em Pedro do Rio, Secretário e Itaipava.

Em julho, a campanha aconteceu nos clubes da cidade, levando informações a mais de 150 jovens.  O trabalho é organizado pela Secretaria de Defesa Civil e Ações Voluntárias e conta com o apoio da Secretaria de Educação e da Superintendência de Esportes da cidade.

“Estas crianças e adolescentes são multiplicadores de informação. É fundamental que elas falem sobre o assunto em casa, nas escolas, nos cursos, com os amigos e familiares. O grande objetivo da campanha é passar o inverno com o mínimo de ocorrências possível. É fundamental que Petrópolis compre a ideia da prevenção aos desastres”, explica Paulo Renato Vaz, secretário de Defesa Civil e Ações Voluntárias.

O secretário de Educação do município, Anderson Juliano, destaca que campanhas deste tipo, levadas às escolas, ajudam a garantir um futuro com menos ocorrências. “A prevenção deve começar desde cedo e a escola tem um ambiente bastante favorável a isso. Os alunos aprendem e repassam as informações a comunidade, para os familiares e amigos. É muito importante, desde cedo, que os alunos da rede participem desse tipo de ação de conscientização e cuidado com a natureza. As escolas estão de portas abertas para receber as equipes da Defesa Civil”, afirmou.

A campanha #QueimadaNão é uma ação preventiva do Plano Inverno 2017 de Petrópolis, que orienta e traça um plano para o combate aos incêndios florestais que atingem a cidade no período de estiagem. O primeiro plano de contingência para a estação está disponível no site da prefeitura.

“As mudanças climáticas estão trazendo problemas em todo o planeta. Mais do que explicarmos este tema às crianças e aos adolescentes, é importante que elas aprendam o que podem fazer no seu dia a dia, para preservar a natureza e ajudar a mudar esta situação”, completa Paulo Renato.



Voltar


Casando com Estilo



Topo