Edição: quinta-feira, 12/04/2018
Compartilhe:

  Geral

Rodoviários apresentarão nova proposta de acordo amanhã

Patrões ofereceram 2,5% de reajuste; rodoviários pedem agora 4% e mais R$ 40 de reajuste na cesta básica

Jussara Madeira - especial para o Diário


 Em assembleia realizada ontem (11), na sede do Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários de Petrópolis, ficou definido um novo índice de reajuste salarial da categoria para ser apresentado amanhã (13) às empresas de ônibus.  A contraproposta de 2,5%, oferecida pelos empresários, foi rejeitada pelos trabalhadores, que inicialmente tinham pleiteado 6% de aumento. Agora, os rodoviários tentam conquistar 4% de reajuste, além de um amento de 20% no valor da cesta básica e o fim da categoria ‘motorista micro’.

Cerca de 50 rodoviários participaram da assembleia, liderada pelo presidente do sindicato, Edson de Oliveira. Além do reajuste no piso salarial e no valor da cesta básica, as discussões giraram em torno do fim da categoria ‘motorista micro’, intermediária entre o ‘motorista junior’, que atua nos micro-ônibus; e o motorista pleno, que trabalha nos ônibus convencionais.

A extinção da categoria ‘motorista micro’ pode ser considerada uma grande conquista para os rodoviários de Petrópolis. O piso desta categoria intermediária é cerca de R$ 600 mais baixo do que o pleno, e hoje, a grande preocupação do sindicato é que as empresas substituam mais carros tradicionais por estes menores, onde não há obrigação de cobradores. Ou seja, além da desvalorização salarial, ter mais ônibus deste tamanho intermediário pode significar menos cobradores contratados. Atualmente, as empresas Petro Ita, Cascatinha e Cidade Real possuem os chamados ‘micrão’.

- A principal bandeira hoje do sindicato é o fim da categoria ‘micrão’, disse Edson de Oliveira.

A reunião amanhã entre o Sindicato dos Rodoviários e a diretoria do Sindicato das Empresas de Transportes Rodoviários de Petrópolis (Setranspetro) poderá definir se a categoria entrará em ‘estado de greve’.  

- A resposta das empresas em relação ao novo pedido será levada aos rodoviários que definirão, em uma nova assembleia, se aceitaremos ou se entraremos em estado de greve, informou o presidente do sindicato dos trabalhadores.  A data da nova assembleia será definida ao fim da reunião de amanhã.

Os salários atuais dos rodoviários são: motorista – R$ 2.300,93/ motorista micro – R$ 1.700/ motorista Junior 1.573,37/ cobrador R$ 1.267,08 e fiscais R$ 1.573,37. O valor da cesta básica é R$ 200,00. Existem  cerca de três mil rodoviários no município.



Compartilhe:



Rua Joaquim Moreira, 106
Centro – Petrópolis – RJ
Cep: 25600-000

ABRAJORI – Associação Brasileira dos Jornais do Interior