Edição: segunda-feira, 05/03/2018
Compartilhe:

  Chuvas

Secretaria de Assistência Social vai montar ponto de apoio no Caxambu nesta segunda-feira

Prefeitura presta atendimento às vítimas das chuvas

O prefeito Bernardo Rossi e a secretária de Assistência Social, Denise Quintella, estiveram pessoalmente nas áreas atingidas pela chuva na manhã deste domingo (04.03). No bairro Caxambu, um dos mais atingidos pelas chuvas, será instalado um ponto de apoio - até que se restabeleça a normalidade para os moradores - na Igreja Nossa Senhora da Penha, a partir desta segunda-feira (05.03). Uma equipe formada por quatro técnicos da Secretaria foi até o local ainda no domingo para cadastrar os moradores que tiveram as casas atingidas pelas chuvas. Outras três equipes foram direcionadas para Morin, Bela Vista, Cascatinha e Corrêas.

Denise Quintella atendeu pessoalmente a família de um trabalhador rural desaparecido durante a tempestade do último sábado. Segundo a esposa de Danilo Oliveira Santos, Elisangela Amorim de Arruda, o marido estava voltando para casa no momento em que foi atingindo pela enxurrada.

“Foi na hora que ele saia do trabalho então não sabemos o que houve. Um rapaz que presenciou quando o carro estava sendo arrastado pela água disse que não deu tempo dele sair. O carro foi encontrado, mas ele ainda não”, dissea dona de casa.

Denise Quintella afirma que a equipe da Assistência Social irá até a casa da família do trabalhador assistido para verificar as necessidades da família.

“É uma mulher com quatro filhos para criar, apesar da casa não ter sido atingida agora é a hora deles receberem todo apoio psicológico e assistencial. Vamos cadastrá-los no cadúnico e verificar o que eles precisam emergencialmente para prontamente atendê-los”, disse Denise Quintella.

Moradora do Caxambu há 37 anos, Maria Adélia Peixoto Silva e Costa se surpreendeu com o volume das chuvas e agradeceu o apoio da prefeitura no momento difícil em que a localidade se encontra.

“Aqui todo mundo se ajuda, mas foi algo que nunca vimos na vida. Não havia como prever, simplesmente aconteceu e em uma hora a água levou tudo. É importante estar todos os serviços da prefeitura aqui para tomar providências para que a nossa vida se normalize”, disse.

“Essa é uma região que precisa de um cuidado maior, vamos mandar novamente as equipes na segunda-feira até a igreja no Caxambu para que possamos ter um ponto de apoio a essas famílias e cadastra-las. A ação deste domingo foi emergencial”, reitera Denise Quintella.

Equipes forneceram cestas básicas, roupas e colchões para as famílias

Três equipes de técnicos da Secretaria de Assistência Social se dividiram entre os bairros Bela Vista, Corrêas, Morin além do Caxambu. Por orientação da Secretaria de Assistência Social, as famílias estão sendo deslocadas para casas de parentes ou amigos.

“Nesse primeiro momento nós iremos cadastrar todas as famílias e verificar quais as necessidades iniciais – roupas de uso pessoal, de cama, de banho, colchões, cobertores, cestas básicas ou algum medicamento que seja de uso contínuo. O próximo passo é verificar as perdas, se necessitam de segunda via de documentos, cadúnico para poder receber benefícios sociais e por fim a indicação para programas habitacionais. Mas o que estamos reforçando com cada família é que busque abrigo junto a outros familiares ou amigos”, reforça Denise Quintella. 


 



Compartilhe:


Casando com Estilo



Rua Joaquim Moreira, 106
Centro – Petrópolis – RJ
Cep: 25600-000

ABRAJORI – Associação Brasileira dos Jornais do Interior