Edição anterior (1422):
terça-feira, 02 de outubro de 2018
Ed. 1422:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (1422): terça-feira, 02 de outubro de 2018

Ed.1422:

Compartilhe:

Voltar:


  Esporte

Segunda fase do JEUPs teve 356 partidas em 125 horas de atividades esportivas

Mais de dois mil alunos participaram do JEUPs neste ano, que contou com 44 escolas inscritas em nove modalidades


 Foram realizadas 356 partidas em 125 horas de atividades na segunda fase dos Jogos Estudantis Unificados de Petrópolis (JEUPs). A última modalidade em disputa foi o basquete, com 31 jogos realizados neste final de semana no Centro Esportivo da Escola Municipal Fábrica do Saber e no Centro de Iniciação ao Esporte (CIE) de Petrópolis. Neste ano, foram 44 colégios inscritos no torneio - igualando o recorde de 2002 - sendo três a mais que em 2017, quando 41 disputaram os jogos. Em 2016, havia sido apenas 19 inscritos na competição. Mais de dois mil alunos participaram do JEUPs em seis meses de atividades.

Foram nove modalidades em disputa nos jogos, sendo quatro coletivas: futebol de campo, futsal, basquete e vôlei; e quatro individuais: tênis de mesa, xadrez, judô e atletismo. Na primeira fase do JEUPs, foram realizados 400 jogos em 170 horas de atividades. Os números comprovam a importância dos jogos estudantis para a cidade como ferramenta de fomento ao esporte.

“Precisamos inserir os jovens nas mais diversas modalidades esportivas, contribuindo com a saúde, bem-estar, além de contribuir no desenvolvimento individual de cada um. Cada vez mais as escolas estão aderindo a nossa proposta de inserir os jovens nas competições”, disse o superintendente de Esportes e Lazer, Hingo Hammes, destacando que os jogos estudantis são uma ferramenta importante no fomento ao esporte no município.

"É fundamental que as crianças e adolescentes pratiquem esportes, proporcionando mais saúde e bem-estar e também prevenindo doenças. Desde o ano passado, a prefeitura investe para que mais escolas participem dos jogos estudantis, aumentando também a participação dos alunos nas atividades", explica Hingo.

A comissão organizadora dos JEUPs – composta por professores responsáveis pelas escolas participantes - priorizou as partidas nos finais de semana na segunda fase da competição, com o objetivo de garantir a presença dos pais nas partidas. No ano passado, a fórmula já havia funcionado e os ginásios utilizados na competição ficaram lotados.

“A gente trabalha sempre para que a competição seja ainda mais organizada, sempre com boas novidades, proporcionando mais saúde e qualidade de vida. O prefeito Bernardo Rossi determinou que a gente aumentasse a oferta de atividades físicas para as crianças e adolescentes da nossa cidade”, pontua Hingo.

Na cerimônia de encerramento, que será realizada no dia 17 de outubro no Sesc Quitandinha, a prefeitura vai entregar 55 troféus e 2.215 medalhas para os alunos. Além da premiação, um show de abertura promete animar os estudantes que participaram dos jogos. Um certificado pelos resultados obtidos também será entregue aos alunos no dia da premiação. No ano passado, o evento de premiação do JEUPs reuniu mais de 500 pessoas e lotou o Theatro D. Pedro.  

“O encerramento com a entrega da premiação será em um grande evento organizado pela prefeitura, assim como já foi feito no ano passado. Será um dia de surpresas e homenagens para os jovens e também para os professores e treinadores. Todas as escolas e alunos que jogaram estão convidadas a participar”, completa o superintendente.



Edição anterior (1422):
terça-feira, 02 de outubro de 2018
Ed. 1422:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (1422): terça-feira, 02 de outubro de 2018

Ed.1422:

Compartilhe:

Voltar:


Casando com Estilo








Rua Joaquim Moreira, 106
Centro – Petrópolis – RJ
Cep: 25600-000

ABRAJORI – Associação Brasileira dos Jornais do Interior