Plano Inverno - Queimada não
sexta-feira, 19/05/2017
Voltar

Último dia de treinamento no Exército tem simulado de incêndio florestal

Participaram equipes da Defesa Civil, Forças Armadas e da Guarda Civil

 
 

O último dia de treinamento das equipes da Secretaria de Defesa Civil e Ações Voluntárias, Guarda Civil e das Forças Armadas reuniu 40 pessoas e foi marcado por um simulado de um grande incêndio florestal dentro do 32° Batalhão de Infantaria Leve - Batalhão Dom Pedro II, na Vila Militar. Além disso, eles fizeram um circuito de atuação com os equipamentos pelo Parque Natural da Serra dos Órgãos (Parnaso-ICMBio) para a Defesa Civil. Toda essa capacitação faz parte do “Plano Inverno”, que será lançado no dia 20 de junho.

O secretário de Defesa Civil e Ações Voluntárias, coronel Paulo Renato Vaz, acompanhou o trabalho dos agentes. “É uma capacitação importante, que contou com a organização do Corpo de Bombeiros e com o apoio da Guarda Civil, por intermédio do Grupamento de Proteção Ambiental (GPA) e das Forças Armadas. A partir deste momento, as equipes estão preparadas caso o Bombeiro solicite a nossa presença em um incêndio de grande proporção”, disse.

O responsável por comandar o treinamento, o tenente do Corpo de Bombeiros André Luís Álvaro, explicou quais foram as atividades realizadas durante esses quatro dias. “Em um primeiro momento realizamos um simulado de caminhada em montanha e de um pequeno incêndio florestal. Dessa vez o foco do incêndio foi bem maior, um desafio e tanto para quem não está preparado para essas atividades. Em pouco tempo, as equipes se mostraram prontas para dar uma resposta positiva. Estou muito satisfeito com o trabalho realizado aqui. Todos que participaram estão de parabéns”, disse.

O tenente coronel Ronald Mandim, que é o comandante do 32° Batalhão, disse que a obrigação do Exército é apoiar a cidade em um momento de dificuldade. “Nossos soldados são multitarefa. É nossa obrigação apoiar a cidade em caso de qualquer necessidade. Por isso essa capacitação é tão importante para a minha equipe”, explica.

Em junho, acontece o 1° Simpósio de Prevenção e Combate a Incêndios Florestais da Região Serrana, também organizado pelo Corpo de Bombeiros. Os agentes da Secretaria de Defesa Civil e Ações Voluntárias também vão participar. “O primeiro combate continua sendo realizado pelo Corpo de Bombeiros, que é muito bem preparado para isso. Nossa função, assim como o Exército e Aeronáutica, é dar um suporte nos casos mais graves”, explica o secretário de Defesa Civil e Ações Voluntárias, coronel Paulo Renato Vaz.?



Voltar




Casando com Estilo



Topo