Edição: domingo, 11/02/2018
Compartilhe:

  Diário Comunidades

UPA Centro Histórico sofre com goteiras

Vitor Garcia - vitorgarcia@diariodepetropolis.com.br

“Caso gravíssimo, com necessidade de atendimento imediato”, diz a mensagem para os pacientes que chegam em estado de emergência, na Unidade de Pronto Atendimento (UPA), localizada no Centro da cidade. Entretanto, dessa vez o caso um tanto “grave” é referente à falta de manutenção dos aparelhos de ar-condicionado, que frequentemente prejudicam os funcionários e quem procura por atendimento, devido às goteiras no local.

Na manhã de quinta-feira (8), por volta das 9h30, uma mulher que preferiu não ter a sua identidade revelada, expôs ao Diário de Petrópolis a dificuldade encontrada na unidade.

- Por três horas e meia, tempo esse em que eu estava recebendo alguns procedimentos médicos, vi o descaso e a falta de manutenção nos equipamentos de ar na UPA. Os vazamentos estavam tomando toda a área de espera dos pacientes, proximidades do banheiro e recepção. Um descaso total. Nós que estamos doentes chegamos em busca de um tratamento, mas, quando vemos que nem algo simples é consertado, ficamos preocupados com os demais problemas aos quais não temos acesso – disse.

Confirmado por outros pacientes, no local, os funcionários estão a todo o momento tendo que secar e espalhar recipientes no chão para evitar a expansão da água no local. Diante disso, há quem afirme que o forro no teto está armazenando grande quantidade de água proveniente dos equipamentos.

Em nota, o Consórcio Saúde Legal informou à Secretaria de Saúde que a manutenção dos equipamentos é feita de forma permanente.



Compartilhe:




Rua Joaquim Moreira, 106
Centro – Petrópolis – RJ
Cep: 25600-000

ABRAJORI – Associação Brasileira dos Jornais do Interior