Edição anterior (1362):
sexta-feira, 03 de agosto de 2018
Ed. 1362:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (1362): sexta-feira, 03 de agosto de 2018

Ed.1362:

Compartilhe:

Voltar:


  Colunistas
Vida Militar
... e outros assuntos

 Eng. Mil. Jorge da Rocha Santos
amirp.petropolis@gmail.com

 

 ANIVERSARIANTES AMIRP  -  dia 4 -  Hellenice Barboza de Mattos,  Telmo José Victor de Santana; dia 5 -  Maria de Lourdes C. de Araújo Gantzel, Eliana Coelho; dia 6 - Esrom Corrêa Huguenim,  Paulo de Souza,  Marilda da Cruz Loureiro,  Tiago Royer; dia 7 -  Márcia Tojal de Lima,  Leandro Moura Sarmento; dia 8 -  Maria de Lourdes Strzalkowski Canário.  A Coluna Vida Militar e a AMIRP parabenizam a todos desejando saúde e felicidades. (foto  -  aniversariantes)

 

 

APRESENTAÇÃO ANUAL – OP/32º BIL – Os militares da reserva e pensionistas, aniversariantes no mês de agosto, vinculados à OP/32BIL (ex SIP/32), não se esqueçam da obrigatória apresentação anual até o fim deste mês. (foto   –atenção)

 

 


 ALMOÇO EM HOMENAGEM AOS PAIS – domingo, dia 26 de agosto de 2018, às 13 horas, no Centro General Ernani Ayrosa, Estrada Jerônimo Ferreira Alves, 1701, Itaipava, Petrópolis. Venda dos  ingressos na sede da AMIRP, de segunda à quinta-feira, das 14 às 17 horas, até o dia 23 de agosto.  Em razão da limitação no número de mesas no CGEA e no número de lugares na condução patrocinada pela AMIRP é solicitado aos os interessados que adquiram  com antecipação seus ingressos.  (foto   - almoço dos pais) (foto -  associados e amigos AMIRP)

 


 TRÊS DE AGOSTO  - DIA DO QUADRO DE ENGENHEIROS MILITARES (QEM) - O QEM é formado pelos oficiais que cursaram o Instituto Militar de Engenharia,  estabelecimento de ensino superior do Exército Brasileiro responsável pela formação e especialização dos oficiais do Quadro de Engenheiros Militares em uma das suas diversas especialidades como: cartografia, computação, comunicações, eletricidade, eletrônica, fortificação e construção, materiais, mecânica de automóvel, armamento e química.

 

 

O Engenheiro Militar destina-se à realização de  trabalhos técnicos em diversos órgãos e instituições, na comprovação e experimentação técnica dos materiais de interesse do Exército e na avaliação dos itens de material bélico produzidos pela indústria nacional, bem como,  realiza  na área de material, pesquisa aplicada e busca de tecnologia de ponta. O integrante do QEM também trabalha avaliando o material de emprego militar e levantando as influências de seu desempenho na doutrina, no pessoal e na logística da Força Terrestre.  (foto 6 - distintivo QEM)

 

 DONA VIRTUDE E O DOUTOR VÍCIO (Jober Rocha – Dr. em Economia pela Universidade de Madri, ex-aluno da Escola Preparatória de Cadetes do Ar, ex Cadete da  Escola de Aeronáutica) -  Dona Virtude morava sozinha naquela casa da pequena vila.  Seus vizinhos: do lado direito a Justiça, a Amizade, a Fé e a Coragem; do lado esquerdo, a Liberdade, a Igualdade, a Fraternidade, a Esperança e a Caridade.

 No outro lado da vila residiam a Temperança, a Mansidão, a Franqueza, a Liberalidade, o Intelecto, a Magnanimidade, a Sabedoria, a Prudência e a Fortaleza. A casa em frente à de dona Virtude,  encontrava-se vazia, com  uma placa de “ALUGA-SE”.  Certo dia, dona Virtude viu chegar um caminhão de mudanças que parou bem em frente à vila. O motorista e mais dois ajudantes principiaram a descarregar utensílios de cozinha, armários, cama, sofás, etc., levando-os para o interior da casa. Dona Virtude perguntou ao motorista: - “Meu senhor, quem será o novo morador da vila?” O motorista, jogou fora o toco de charuto que mascava, cuspiu sobre a calçada e respondeu: - “O doutor Vício!”.  Na manhã seguinte todos viram, na varanda da casa, um tipo alto e magro, careca e com um  fino bigodinho. Ele era bem diferente da dona Virtude que era rechonchuda, baixa e com boa cabeleira. Passados os dias, os antigos moradores verificaram outros residindo com o doutor Vício (assim queria ser chamado). Indagando, daqui e dali, ficaram sabendo que lá, além do Vício, viviam a Covardia, a Intemperança, a Temeridade, a  Inimizade, a Imprudência, a Ira e a Injustiça. De repente, a pacífica vila virou de pernas para o ar. Já pela manhã principiava uma batucada, regada a caipirinha e cerveja. Palavrões, xingamentos, bate-boca, discussões e brigas eram frequentes Devido ao acontecimentos que ocorriam, os antigos moradores marcaram uma reunião na casa de dona Virtude. Com a presença de todos, a Coragem tomou a palavra e disse: “Amigos, sabemos que o Dr. Vício é de um hábito irracional de conduta e não se importa em prejudicar os vizinhos etc. etc...”. Enquanto a Coragem falava, um irresistível cheiro de churrasco penetrou na sala onde estavam reunidos. Os presentes se entreolharam nervosos. Pouco depois, um aroma de cachaça com limão aliou-se ao do churrasco. Em seguida veio o som de um cavaquinho. Dona Virtude traduzindo o pensamento dos demais, interrompeu a Coragem e proferiu a célebre frase que a tornou famosa perante às gerações que se seguiram naquela vila: - “Caríssimos amigos, aquela casa está cheia de novos moradores. Sei que possuem hábitos e costumes diferentes dos nossos; porém, sei também que devemos manter e demonstrar nossa hospitalidade com aqueles que chegam. Sem intolerãncia, proponho irmos até lá para cumprimentá-los e participar da festinha que promovem, pois em todos os eventos que ocorrem aqui na vila “A VIRTUDE DEVE ESTAR SEMPRE NO MEIO”!  Assim, aqueles  velhos moradorares dirigiram-se  à casa do dr Vício. Mal entraram, dona Virtude passou a mão em um copo de caipirinha para, em seguida, abraçar o Vicio pela cintura, e, em  meio aos demais vizinhos, cantarolar o samba de Pedro Caetano, sucesso do carnaval de 1948: - “É com esse que eu vou sambar até cair no chão. É com esse que eu vou desabafar na multidão...”. (foto 7  - virtude e vício)

“A verdade não resulta do número dos que nela creem” (Galileu)

 

 



Edição anterior (1362):
sexta-feira, 03 de agosto de 2018
Ed. 1362:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (1362): sexta-feira, 03 de agosto de 2018

Ed.1362:

Compartilhe:

Voltar:


Casando com Estilo








Rua Joaquim Moreira, 106
Centro – Petrópolis – RJ
Cep: 25600-000

ABRAJORI – Associação Brasileira dos Jornais do Interior