Edição anterior (2785):
quinta-feira, 23 de junho de 2022
Ed. 2785:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (2785): quinta-feira, 23 de junho de 2022

Ed.2785:

Compartilhe:

Voltar:


  Tecnologia

5G pode chegar em Petrópolis até 2026

Tecnologia promete maior conectividade e rapidez

Foto: Freepik

 
 

Roberto Jones – especial para o Diário

A mais recente tecnologia para a internet móvel, o 5G, que permitirá transferências mais rápidas e conectividade de mais aparelhos simultaneamente, tem previsão de chegar aos municípios com população igual ou superior a 200 mil habitantes, perfil no qual Petrópolis se encaixa, até o dia 31 de julho de 2026. A informação é do cronograma de atendimento aos municípios com população igual ou superior a 30 mil habitantes, disponível no site oficial da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel).

Ainda de acordo com o cronograma, a obrigação é de que sejam postas, no mínimo, uma antena para cada 15 mil habitantes, nas cidades com população superior a 200 mil habitantes. Nas demais localidades do Brasil, consideradas como não sedes municipais, as redes de telefonia compromissadas pelo Leilão do 5G têm até o dia 31/12/2030 para atender a todo o Brasil.

Prorrogação do prazo

A previsão para o início de operações da tecnologia em território brasileiro era no dia 30 de junho deste ano. Além disto, a ativação de uma Estação Rádio Base (ERB) para cada 100 mil habitantes das capitais brasileiras estava prevista para até o dia 31 de julho. Porém, no início do mês, a Anatel aprovou um prazo adicional de 60 dias para a implementação do sinal de internet 5G, levando os prazos para 29 de agosto e 29 de setembro de 2022.

Características do 5G

As principais características do 5G são as altas taxas de transmissão de dados e baixa latência (tempo de resposta). Devido a essas características, há uma série de novas possibilidades, ainda a serem exploradas.

Diferente das mudanças nas gerações passadas (2G, 3G e 4G), o foco desta tecnologia não está só no que já foi dito, mas também na especificação de serviços que permitam o atendimento a diferentes aplicações, como o que ocorreu com o 4G, responsável pela introdução de diferentes moelos de negócios e da “era dos aplicativos”.

A tecnologia 5G poderá diversificar a Internet das Coisas (IoT) em setores como segurança pública, telemedicina, educação à distância, cidades inteligentes, automação industrial e agrícola, dentre outras.

Aparelhos 5G

Para a utilização da nova tecnologia, será necessário ter um aparelho celular que tenha compatibilidade com o 5G. A Anatel disponibiliza em seu site um painel com os telefones celulares (smartphones) com 5G certificados e homologados pela entidade. Até o momento, são 67 aparelhos à venda no Brasil com essa disponibilidade. Dentre as principais fabricantes estão a Samsung (25), Motorola (14), Apple (9) e Xiaomi (6). Além destas, também podem ser encontrados aparelhos 5G da Asus, Realme, Lenovo, Positivo, TCL e HMD.



Edição anterior (2785):
quinta-feira, 23 de junho de 2022
Ed. 2785:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (2785): quinta-feira, 23 de junho de 2022

Ed.2785:

Compartilhe:

Voltar: