Edição anterior (2404):
quinta-feira, 10 de junho de 2021
Ed. 2404:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (2404): quinta-feira, 10 de junho de 2021

Ed.2404:

Compartilhe:

Voltar:


  ALERJ


 
 

 

Alerj abre inscrições para a edição deste ano do Diploma Heloneida Studart

Foto: Divulgação Alerj | Texto: Leon Lucius 
 

Artistas e instituições terão até o dia 30 de junho para se inscrever.

 

Estão abertas as inscrições para a próxima edição do Diploma Heloneida Studart de Cultura, que será entregue em novembro deste ano. O diploma é um instrumento de reconhecimento e estímulo às boas práticas culturais promovido pela Comissão de Cultura da Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj). Os interessados devem se inscrever aqui até o dia 30 de junho e o resultado será divulgado até 6 de setembro.

A premiação contempla pessoas e instituições em diversas áreas culturais: Artes Cênicas, Artes Visuais, Audiovisual, Literatura, Música, Gastronomia, dentre outras. A edição do Diploma Heloneida Studart de 2021 homenageia os centenários do educador Paulo Freire, da atriz Ruth de Souza e da dramaturga Maria Clara Machado, além dos 150 anos de Benjamim de Oliveira, o primeiro palhaço negro do país, e dos 100 anos da cantora Elizeth Cardoso - completados em 2020, ano em que o Diploma Heloneida Studart foi cancelado em virtude da pandemia de coronavírus.

“Essa edição especial terá a finalidade de realçar a cultura como ação transformadora da vida, não só como um instrumento de algo ou meio para algum lugar, como ouvimos em tantos discursos oficiais. As ações dos fazedores de cultura se confundem com suas próprias vidas, são quase indissociáveis e as práticas solidárias e de comunicação popular desde o início da pandemia são provas cabais do que estamos falando. Queremos conhecer mais algumas dessas vidas em movimento nessa edição”, declarou o deputado Eliomar Coelho (PSol), presidente da Comissão de Cultura da Alerj.

Diferentemente de outras edições, neste ano não haverá uma cerimônia presencial de entrega do diploma. Desta vez, os artistas e fazedores da cultura tomarão as telas da TV Alerj em um especial a ser exibido em 5 de novembro, Dia Nacional da Cultura. Os premiados terão que produzir vídeos com até três minutos, que deverão ser entregues à Comissão de Cultura entre os dias 7 de setembro e 29 de outubro. Clique no link para acessar todo o regulamento. https://docs.google.com/document/d/16E4MmJ3O3mKXWGrAcoJhHCT2T-ZPiYrLrdmLg9MSSD4/edit

A história do diploma

Criado em 2009 pela Resolução nº 874/2009, o diploma carrega o nome da escritora e também ex-deputada estadual Heloneida Studart. Ela se destacou por abordar pautas feministas na política e por suas produções literárias. Nascida em Fortaleza, Heloneida veio para o Rio de Janeiro aos 16 anos e estreou como colunista no jornal O Nordeste. Na década de 1960, tornou-se presidente do Sindicato das Entidades Culturais (Senambra). Na Alerj, Studart presidiu a Casa de 1981 a 1982 e integrou comissões voltadas ao direito da mulher. Ela faleceu em dezembro de 2007, aos 75 anos.

Desde a criação do Diploma, diversos artistas e instituições voltados à promoção da cultura no estado já receberam a honraria. “Além de homenagear a grande figura que foi Heloneida Studart, esse diploma surge como uma contribuição para sociedade fluminense ao divulgar essas ações culturais. Ao longo de todas as edições, a Comissão de Cultura teve o privilégio de conhecer e dialogar com pessoas físicas, coletivos informais, organizações sem fins lucrativos, associações classistas e muitas outras formas de fazer cultura e também temas transversais”, disse o deputado Eliomar.
 



Edição anterior (2404):
quinta-feira, 10 de junho de 2021
Ed. 2404:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (2404): quinta-feira, 10 de junho de 2021

Ed.2404:

Compartilhe:

Voltar: