Edição anterior (1383):
sexta-feira, 24 de agosto de 2018
Ed. 1383:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (1383): sexta-feira, 24 de agosto de 2018

Ed.1383:

Compartilhe:

Voltar:


  Geral

Alunos fazem protesto contra assédio sexual nas escolas

Em Petrópolis não há registros desse tipo de crime nas delegacias

Após denúncias da prática de assédio sexual em escolas do Rio de Janeiro, um grande ato está sendo organizado na Candelária, no Centro da capital do Estado. O movimento foi desencadeado por relatos de estudantes nas redes sociais, com a tag #AssédioÉHábitoNasEscolas. O movimento está marcado para hoje, às 14h. Até o início da noite de ontem, cerca de 500 pessoas confirmaram presença no protesto.

Entre as entidades que estão promovendo o evento, estão o Diretório Central de Estudantes da Universidade Federal do Rio de Janeiro (DCE-UFRJ), UNE, Movimento Correnteza, Movimento de Mulheres Olga Benário, União Estadual dos Estudantes, União Estadual dos Estudantes Secundaristas do Rio de Janeiro, UBES, Chapa Lênix, Cefemi, UJS, Grêmio Cairu Resiste, Juntas, Escolas do RJ em Luta, AMES Rio, Coletivo Abelhas, Feminismo de 3/4, Coletivo Amélias, UJC, o DCE da UFF, Fenet, Aerj e GT de Mulheres do Sintuff.O caso ganhou grande proporção, ao se tornar o assunto mais comentado do Twitter no Brasil, com 45 mil citações, na semana passada. A hashtag #AssedioÉHábitoNasEscolas ganhou apoio de personalidades populares nas redes, motivando protestos em diferentes escolas do grupo.

Diferentes casos de assédio foram relatados em várias unidades públicas e particulares. Em Petrópolis, até a noite de ontem (23) não havia nenhum registro de ocorrência nas delegacias do município.

No Recreio, Zona Oeste do Rio, uma aluna chegou a divulgar a mensagem recebida por um professor de um colégio, após ter publicado uma foto de biquíni. Na ocasião, o docente disse “Gatinha, agora consigo ver como o uniforme é feio”. Fora do campo virtual, outras alunas denunciaram à direção das escolas, as investidas dos profissionais em sala de aula. Entretanto, nenhuma medida foi tomada para que o problema fosse resolvido.



Edição anterior (1383):
sexta-feira, 24 de agosto de 2018
Ed. 1383:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (1383): sexta-feira, 24 de agosto de 2018

Ed.1383:

Compartilhe:

Voltar: