Edição anterior (2397):
quinta-feira, 03 de junho de 2021
Ed. 2397:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (2397): quinta-feira, 03 de junho de 2021

Ed.2397:

Compartilhe:

Voltar:


  Cidade

Cartórios têm aumento de 69,61% de registros de óbitos em maio

Alta se dá quando os números de maio são comparados a média de 2015 a 2020 para o mês

Wellington Daniel

 Os cartórios tiveram um aumento de 69,61% dos registros de óbitos em maio, se comparado a média para o mês registrada entre 2015 e 2020. Ao todo, segundo os dados do Portal da Transparência da Associação Nacional de Registradores Naturais (Arpen Brasil), foram 413 mortes de diversas causas ocorridas em Petrópolis. Os números foram acessados pela reportagem na manhã de ontem (02).

Na média entre 2015 e 2020, o mês de maio costumava registrar cerca de 243 óbitos. No ano passado, já com o impacto da pandemia de covid-19, foram 313 registros no quinto mês. Já em 2019, antes da chegada do coronavírus, a cidade contabilizou 298 mortes.

 

Causas

 

Assim como em meses anteriores, o impacto da covid-19 é perceptível também em maio. A doença apareceu como causa suspeita ou confirmada de 168 registros, sendo a principal de toda a cidade. Em 2020, foram 70 casos, segundo os dados dos cartórios, o que significa um aumento percentual de 140%.

O Portal agrupa casos de doenças cardiovasculares e respiratórias para uma comparação. Nesta divisão, segunda maior causa foi a pneumonia, com 42 registros. O número é menor que o registrado em 2019, quando foram 65 e também em 2020, quando os cartórios apontavam para 51.

Logo após, vem as causas cardiovasculares inespecíficas, que foram responsáveis pelo falecimento de 33 pessoas. Em relação a 2019, houve uma diminuição, já que, naquele período, foram 37. Já em comparação a 2020, houve alta, pois, maio do ano passado teve 22 registros.

 

Dados da Prefeitura

 

Segundo os dados da Prefeitura, foram 140 óbitos registrados em Petrópolis entre os dias 1 e 30 de maio, o que dá uma média de 4,67 por dia. Os números são da atualização de terça-feira (1º). A Secretaria de Saúde só acrescenta o paciente nas estatísticas após o teste swab positivo e o atestado de óbito, com o intuito de não haver erros na divulgação dos números.

Devido a este processo, os números ainda podem subir nos próximos dias. Além disso, há 28 casos de mortes em análise pelo município.

 

Causas de morte em maio

Fonte: Arpen Brasil

 

Causas

2019

2020

2021

Insuficiência respiratória

16

19

20

Pneumonia

65

51

42

Septicemia

38

33

25

Respiratória indeterminada

0

3

0

SRAG

0

2

0

AVC

27

21

19

Infarto

28

21

32

Cardiovasculares inespecíficas

37

22

33

Covid-19

0

70

168

Demais óbitos não listados

87

71

74

Total

298

313

413

 



Edição anterior (2397):
quinta-feira, 03 de junho de 2021
Ed. 2397:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (2397): quinta-feira, 03 de junho de 2021

Ed.2397:

Compartilhe:

Voltar: