Edição anterior (2339):
terça-feira, 06 de abril de 2021
Ed. 2339:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (2339): terça-feira, 06 de abril de 2021

Ed.2339:

Compartilhe:

Voltar:


  Covid-19

CDL Petrópolis espera que o comércio não precise fechar novamente

Entidade  aguarda a reabertura do comércio na sexta-feira esperando que o período de restrições tenha ajudado a desafogar o sistema de saúde

          O decreto municipal 060 de 04.04.21 prorrogou até o dia 08.04 as medidas restritivas impostas ao comércio considerado não essencial, mas também estabeleceu que as lojas desse segmento possam  reabrir a partir de sexta-feira, dia 09. Para o presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas de Petrópolis, Luiz Felipe Caetano da Silva Souza, o setor alimenta a esperança da não adoção de medidas tão restritivas no futuro.

          - È importante frisar que nós temos plena consciência da gravidade da pandemia em nossa cidade e dos perigos que um sistema de saúde em colapso representa, mas queremos crer que essas restrições ao funcionamento das lojas, tão difíceis para empresários e seus colaboradores,  não precisem ser adotadas novamente – afirma Luiz Felipe.

          Segundo o empresário, os lojistas estão conscientes do seu papel no esforço para redução do contágio pelo novo Coronavírus, seja na adoção de medidas sanitárias como o uso do álcool em gel e o respeito ao distanciamento social, seja no cumprimento dos decretos municipais, por mais difícil que seja.

          - Nós fazemos a nossa parte e temos uma preocupação grande com a vida das pessoas, empresários, clientes ou colaboradores, mas também buscamos preservar a saúde financeira dos negócios. Para isso, precisamos de um ambiente seguro para que as pessoas possam voltar a consumir, além da reedição de medidas de proteção social como aquelas ligadas à manutenção dos empregos, através da suspensão dos contratos de trabalho e outras medidas de alívio na carga tributária, da mesma forma que esperamos que o poder público municipal iniba as aglomerações, especialmente no transporte coletivo, e acelere a vacinação para que a vida volte ao normal o mais rápido possível – concluiu Luiz Felipe. 



Edição anterior (2339):
terça-feira, 06 de abril de 2021
Ed. 2339:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (2339): terça-feira, 06 de abril de 2021

Ed.2339:

Compartilhe:

Voltar: