Edição anterior (2620):
segunda-feira, 10 de janeiro de 2022
Ed. 2620:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (2620): segunda-feira, 10 de janeiro de 2022

Ed.2620:

Compartilhe:

Voltar:


  Defesa Civil

CHUVA: Mais de 200 ocorrências foram registradas pela Defesa Civil 

 

 

 

  Fotos Prefeitura

 

Após mais um dia de chuva contínua na cidade, a Secretaria de Defesa Civil ultrapassou o número de 200 ocorrências atendidas ao longo dos últimos três dias, com o suporte do efetivo de diferentes setores do governo municipal. Agentes das secretarias de Obras, de Serviços, Segurança e Ordem Pública, de Assistência Social, de Administração, de Educação, de Saúde, da CPTrans e da COMDEP atuaram para oferecer mais estrutura e agilidade no atendimento aos chamados, que em maior parte foi relacionado a deslizamentos. No período, até o momento, foram 141 casos atingindo vias públicas ou áreas próximas a residências. As equipes técnicas de Defesa Civil e de Obras interditaram 35 imóveis. A Assistência Social realiza o atendimento a 103 pessoas desalojadas e 5 desabrigadas.

Com esse número parcial de pessoas diretamente afetadas pela chuva, a Defesa Civil mantém a cidade em Estágio Operacional de Alerta e ainda chama a atenção para a possibilidade de novas ocorrências, principalmente nas regiões do primeiro distrito, onde se registrou maior parte dos chamados. “Todo nosso efetivo vai continuar mobilizado para garantir o melhor atendimento à população e manter a nossa cidade em pleno funcionamento”, pontuou o prefeito Rubens Bomtempo que determinou que todas as secretarias direcionassem os esforços para oferecer suporte aos atendimentos.

As equipes da Assistência Social se basearam na sede da Defesa Civil nos últimos três dias para agilizar o atendimento às famílias. “Esse trabalho em conjunto com a Defesa Civil garantiu celeridade no atendimento às famílias que precisaram de algum tipo de suporte. Vamos seguir com o acompanhamento dos casos e oferecer a assistência necessária em cada caso”, destacou a secretária de Assistência Social, Karol Cerqueira que acompanhou o trabalho das equipes na Defesa Civil. Apenas um, dos 10 pontos de apoio mobilizados pela Defesa Civil, o do Amazonas, precisou ser usado pela Secretaria de Assistência Social para o acolhimento da família que teve a casa interditada na região. No restante dos casos, as pessoas foram para casa de familiares a aguardam nova vistoria técnica que autorize o retorno aos respectivos imóveis.

Previsão de chuva se mantém neste domingo e segunda

Neste domingo (9), as equipes continuam mobilizadas para a realização das vistorias e atendimento a possíveis ocorrências que ainda podem surgir em função da chuva, que se mantém no município. “Seguimos com nossas equipes totalmente voltadas para o monitoramento, o que nos permite melhor planejamento operacional e atendimento imediato às ocorrências. Pedimos que a população mantenha atenção aos nossos comunicados”, destacou o secretário de Defesa Civil, o Tenente Coronel Gil Kempers.

A chuva que afeta a cidade desde a noite de quinta-feira (6), é causada pelo restabelecimento da Zona de Convergência do Atlântico Sul (ZCAS) e pode se intensificar na segunda (10). A previsão é de que a chuva seja ainda mais volumosa do que este sábado e domingo, se mantendo moderada e contínua.

Nos últimos dias, os maiores acumulados pluviométricos ocorreram no primeiro distrito. Somente durante esta sexta-feira (8), foi registrado um volume de cerca de 200mm. Nas últimas 72h, entre noite de quarta (5) e noite de sábado (08), os acumulados são de 335.8 mm.

De acordo com a equipe técnica de monitoramento da Defesa Civil, esse volume supera a média pluviométrica para o mês de janeiro, que é de cerca de 300mm segundo dados do Instituto Nacional de Meteorologia (INMET). Os outros distritos do município também registraram volumes expressivos no período, com cerca de 100mm. A previsão para as próximas horas se mantém, com chuva fraca a moderada de forma contínua. No domingo (9) e segunda (10), o cenário persiste.

A Defesa Civil orienta que a população fique atenta às atualizações dos boletins e alertas que podem ser emitidos. Em caso de emergência, o telefone 199 deve ser acionado.

 

 

 

 

 

 

 


 


 

 
 


 

 



Edição anterior (2620):
segunda-feira, 10 de janeiro de 2022
Ed. 2620:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (2620): segunda-feira, 10 de janeiro de 2022

Ed.2620:

Compartilhe:

Voltar: