Edição anterior (2502):
terça-feira, 14 de setembro de 2021
Ed. 2502:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (2502): terça-feira, 14 de setembro de 2021

Ed.2502:

Compartilhe:

Voltar:


  Energia

Conta de luz: consumidor paga até por furto de energia

Enel realiza operação ‘energia legal’ a partir desta terça-feira

 

 

Foto: Marcello Casal Jr. - Agência Brasil

Daniela Curioni – especial para o Diário

O custo da energia elétrica mais que dobrou nos últimos 20 meses, consequência de uma crise hídrica sem precedentes, nos últimos 90 anos. Porém, uma parte da conta de luz não tem nada a ver com a crise. Consumidores pagam pelos furtos de energia também. Pobreza e inadimplência são responsáveis por um terço do volume de desvios, de acordo com os dados da Aneel sobre desigualdade social e inadimplência nas áreas mais críticas em todo o país.   A partir desta terça-feira (14) até sexta (17),  a Enel realiza a operação ENERGIA LEGAL em Petrópolis. A companhia, em conjunto com a 105ª e a 106ª delegacias de polícia do município, promoverá  fiscalizações para identificar ligações irregulares, também conhecidas como “gato”. No total, serão cerca de 56 colaboradores da empresa realizando inspeções em residências e estabelecimentos comerciais

 

FURTOS REPRESENTAM 22% DA ENERGIA DISTRIBUÍDA

Segundo levantamento da Enel, em 2020 Petrópolis apresentou um índice de furtos de 14% e figura em 14º lugar entre os municípios do estado do Rio. Em toda a área de concessão, esse índice representa cerca de 22% da energia distribuída. A Enel Distribuição Rio intensificou ainda mais o combate ao furto de energia em 2021, realizando inspeções constantes e operações conjuntas com a Polícia Civil e Militar para coibir a fraude, que também causa riscos de segurança e prejudica a qualidade do fornecimento de energia para todos. Em 2021 já foram identificadas 2.776 irregularidades até o mês de Junho no município, os bairros mais afetados são Quitandinha, Alto da Serra e Itaipava.

 

OPERAÇÃO ‘ENERGIA LEGAL’

A Enel Distribuição Rio realiza a partir desta terça-feira (14) até sexta (17), a operação Energia Legal em Petrópolis. A companhia, em conjunto com a 105ª e a 106ª delegacias de polícia do município, promoverá fiscalizações para identificar ligações irregulares, também conhecidas como “gato”. No total, serão cerca de 56 colaboradores da empresa realizando inspeções em residências e estabelecimentos comerciais. Até hoje, nas 13 edições do projeto Energia Legal realizadas pela Enel Distribuição Rio, a companhia identificou furto de energia em 6.904 clientes, sendo 6.330 residências e 574 comércios de 11 cidades da área de concessão da distribuidora.   

 Além de ser crime, com pena prevista de um a oito anos de reclusão, o furto de energia afeta diretamente a qualidade do serviço prestado pela companhia e põe em risco a população, principalmente as pessoas que manipulam a rede elétrica. As ligações irregulares podem causar curtos-circuitos e sobrecarga na rede elétrica, ocasionando interrupção no fornecimento de energia. Os clientes que quiserem denunciar o furto de energia podem fazê-lo pela internet: https://www.enel.com.br/, pelo aplicativo Enel Rio ou pelo 0800 280 0120. Não é necessário se identificar.   

Durante a operação, os moradores de Petrópolis também terão acesso a diversas ações da Enel Distribuição Rio, por meio de uma unidade móvel de atendimento, que percorrerá alguns pontos dos bairros ao longo da semana. Nesta unidade, os clientes poderão solicitar vários serviços, como segunda via de conta e troca de titularidade, bem como parcelamentos de dívidas.   

 Todas as ações do Energia Legal serão realizadas respeitando as medidas de higiene e de distanciamento, diante do cenário de pandemia da Covid-19. A companhia fornecerá aos clientes orientações para o combate ao Coronavírus.   

 CONSUMO CONSCIENTE DE ENERGIA   

Ao longo da ação, a Enel Distribuição Rio também disponibilizará dicas de segurança e de consumo consciente de energia. Além disso, a distribuidora oferecerá informações e atendimento para o cadastro na Tarifa Social de Energia Elétrica (Baixa Renda), programa do Governo Federal que oferece descontos na conta de energia de até 65% em relação à tarifa residencial normal. O cliente também poderá efetuar o cadastro e realizar a troca de lâmpadas incandescentes e/ou fluorescentes por até duas lâmpadas de LED.   



Edição anterior (2502):
terça-feira, 14 de setembro de 2021
Ed. 2502:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (2502): terça-feira, 14 de setembro de 2021

Ed.2502:

Compartilhe:

Voltar: