Edição anterior (2400):
domingo, 06 de junho de 2021
Ed. 2400:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (2400): domingo, 06 de junho de 2021

Ed.2400:

Compartilhe:

Voltar:


  Cidade

Dia dos Namorados promete números mais positivos para o comércio

Intenção de gastos do consumidor fluminense aumentou em relação ao ano passado, aponta pesquisa

Priscila Torquato – especial para o Diário de Petrópolis

 

 Será que o amor está no ar? Parece que para o comércio do estado do Rio de Janeiro, sim. É o que mostra um levantamento do Instituto Fecomércio de Pesquisas e Análises (IFecc RJ) que ouviu os consumidores fluminenses sobre os valores que pretendem investir para agradar seus parceiros. O gasto médio com presentes saltou de R$ 157,31 (2020), para R$ 173,25 (2021), porém, ainda inferior ao ano de 2019, com R$ 181,15, momento anterior a pandemia. Opercentual de consumidores que devem presentear na data também subiu. Passou de 18,5 pontos percentuais em comparação 2020, indo de 41,5%, para 60% em 2021.

Em Petrópolis as entidades representativas do setor de bens e serviços seguem a tendência apontada pela pesquisa: estão otimistas.

“O comércio precisa aproveitar todas as oportunidades para realização de vendas. Feriados e datas comemorativas são importantes para a nossa recuperação econômica.Essa retomada ainda está tímida, mas como aponta a pesquisa acompanhada pelo Sindicato, o volume de compras no comércio deve injetar aproximadamente R$ 1,450 bilhão na economia do estado. O valor retorna ao patamar obtido em 2019 (R$ 1,472 bilhão), período pré-pandemia. Isso já é um ótimo sinal”, diz otimista o presidente do Sicomércio Petrópolis.

“As datas comemorativas são sempre um atrativo a mais para as vendas. Outro diferencial da Rua Teresa, por exemplo, é que o pólo reúne moda feminina e masculina em um só lugar. Com isso conseguimos atrair todos para a escolha dos presentes. Esperamos vender mais do que no ano passado quando as lojas físicas estavam fechadas”, acredita Denise Fiorini, presidente da Associação da Rua Teresa (ARTE).

A pesquisa também perguntou aos apaixonados quais eram os itens de maior interesse. Entre os produtos citados estão: roupas (43,4%), perfumes e cosméticos (25,2%), calçados, bolsas e acessórios (20,1%), flores (14,5%), joias e bijuterias (11,3%), smartphones (7,5%), livros e ebooks (7,5%) e computadores (0,6%). A sondagem ocorreu entre os dias 21 e 25 de maio e contou com participação de 408 consumidores do estado do Rio.

Opções de presentes

Diante da intenção de gastos do consumidor, o Diário percorreu a cidade para encontrar presentes dentro da faixa de valores apontados na pesquisa.

Na Rua Teresa, um dos principais pólos de moda da cidade, tem muitas opções para quem está dentro dos ‘43,4%’ que irão optar por comprar roupas. Na Liz Bonita é possível encontrar algumas das tendências da estação como conjuntos de moletom e combinações de top e camisão, além de uma grande variedade de camisaria. A loja ainda montou alguns preços especialmente para a data. “Estamos com uma boa expectativa. E para atrair mais compradores estamos com condições especiais de frete”, diz Eliane Elfrida, proprietária da loja.

Mas se vai optar por calçados ou acessórios, na loja Verônica Lindoso ,a Rua do Imperador, você encontra muitas opções fashionistas que vão agradar com certeza. Botas, tênis e cintos estão dentro do orçamento da pesquisa, com calçados a partir de R$79,90.

Agora se o orçamento está curto a opção pode ser o queridinho de todos: o chocolate. Diferentes lojas da Rua 16 de março e Rua do Imperador montaram Kits com embalagens temáticas para todos os bolsos.

E por falar em 16 de março, a loja masculina, Mr. Hugo também preparou umaseleção de peças para garantir aquele presente especial. “Nós estamos com uma expectativa alta para a data. Torcemos que nessa semana que antecede a data ela se concretize”, revela Alvanei Abi Daoud, proprietária da loja.

“Opções para os apaixonados de Petrópolis não faltam. Aproveitem a data para valorizar o comércio local. A economia da cidade agradece e com isso consegue garantir empregos e renda para os petropolitanos que dependem do comércio”, conclui Marcelo Fiorini.



Edição anterior (2400):
domingo, 06 de junho de 2021
Ed. 2400:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (2400): domingo, 06 de junho de 2021

Ed.2400:

Compartilhe:

Voltar: