Edição anterior (2828):
sexta-feira, 05 de agosto de 2022
Ed. 2828:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (2828): sexta-feira, 05 de agosto de 2022

Ed.2828:

Compartilhe:

Voltar:


  Comércio

Dia dos pais: comércio espera aumento de até 30% nas vendas

 


 Foto: Pixabay

Depois de registros positivos nas últimas datas importantes para o comércio como Dia dos Namorados e das Mães, o Sindicato do Comércio Varejista de Petrópolis - Sicomércio - espera aumento no movimento nos próximos dias por causa do Dia dos Pais. Em comparação com o ano passado, a expectativa é de que as vendas sejam até 30% superiores.

“Felizmente estamos conseguindo perceber uma ampliação nas vendas. Os eventos como Festival de Inverno e programações em Itaipava e na Praça da Águia fortalecem a chegada dos visitantes na nossa cidade e, consequentemente, aumentam o movimento nos polos de moda e comércio em geral. Os números positivos da ocupação hoteleira também mostram que Petrópolis voltou a ser a escolha dos visitantes, o que é ótimo para todos os setores produtivos”, explica o presidente do Sicomércio, Marcelo Fiorini.

Fiorini acrescenta que os empresários estão se esforçando para chamar a atenção dos visitantes. “Promoções, vitrines, ideias diferenciadas de presentes, estão todos investindo em novidades para atrair consumidores. Nesse momento de recuperação econômica é importante que o comércio local seja valorizado, por isso, os petropolitanos também podem e devem prestigiar o que é produzido aqui, reforçando a economia do município. Não podemos nunca esquecer que o comércio petropolitano é um grande empregador, responsável pelo sustento de muitas famílias”, conta Fiorini.

Segundo levantamento da Confederação Nacional dos Dirigentes Lojistas (CNDL), o Dia dos Pais de 2022 deve levar mais de 100 milhões de pessoas às compras, movimentando mais de R$ 24 bilhões no comércio. Assim como em 2021, as roupas correspondem à maior parte das intenções de compra para a data (54%), seguidas de perfumes e cosméticos (37%), calçados (35%) e acessórios (25%), como meias, cinto, óculos, carteiras e relógios. A pesquisa ouviu consumidores de todo o Brasil.

 



Edição anterior (2828):
sexta-feira, 05 de agosto de 2022
Ed. 2828:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (2828): sexta-feira, 05 de agosto de 2022

Ed.2828:

Compartilhe:

Voltar: