Edição anterior (2511):
quinta-feira, 23 de setembro de 2021
Ed. 2511:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (2511): quinta-feira, 23 de setembro de 2021

Ed.2511:

Compartilhe:

Voltar:


  Transporte

Empresas de ônibus receberam mais de 900 multas em nove meses

Entre as irregularidades mais encontradas estão atrasos injustificados

 

Foto: Alcir Aglio

 

Priscila Torquato – especial para o Diário

Atraso nos horários, ônibus quebrados, coletivos lotados são alguns dos problemas que os usuários do transporte público enfrentam diariamente. Em Petrópolis, segundo a Companhia Petropolitana de Transito e Transportes (CPTrans) apenas este ano foram emitidas 968 multas a empresas de ônibus em função de irregularidades encontradas durante as fiscalizações que a Companhia realiza nas garagens, ruas e terminais urbanos. Juntas essas multas geraram o montante de R$252.965,00. 

“As principais causas das penalizações às empresas são os descumprimentos do contrato, incluindo o que diz respeito às irregularidades como atrasos injustificados e problemas com a manutenção dos veículos”, diz nota da CPTrans.

Na cidade atualmente operam cinco empresas de transporte rodoviário urbano para atendimento à população. A oferta de viagens em todo o sistema está com média de 80%, chegando a 100% nas linhas troncais e nas linhas de grande movimentação de pessoas em horário de pico.

O Setranspetro informou ao Diário “que as ações de fiscalização da CPTrans acontecem periodicamente em todas as garagens das empresas de transporte urbano de Petrópolis, por se tratar de um serviço regular e legal no município. É importante ressaltar que, nas fiscalizações, são vistoriados todos os itens do veículo e os apontamentos e reparos necessários são 100% realizados pelas equipes de manutenção das empresas de ônibus. Em momento algum, as empresas de ônibus de Petrópolis deixam de realizar qualquer tipo de manutenção que possa colocar em risco a segurança dos rodoviários e passageiros.”

O Sindicato destacou ainda que “durante as inspeções completas, todos os itens dos ônibus são vistoriados como assentos, assoalhos, vidros, lanternas, entre outros, que muitas vezes são danificados por atos de vandalismo e depredação, inclusive, em veículos novos.”



Edição anterior (2511):
quinta-feira, 23 de setembro de 2021
Ed. 2511:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (2511): quinta-feira, 23 de setembro de 2021

Ed.2511:

Compartilhe:

Voltar: