Edição anterior (3298):
sábado, 18 de novembro de 2023
Ed. 3298:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (3298): sábado, 18 de novembro de 2023

Ed.3298:

Compartilhe:

Voltar:


  Geral

HAC autoriza visitas a pacientes, mas com restrições

 

Rômulo Barroso - especial para o Diário

As visitas aos pacientes internados no Hospital Alcides Carneiro voltaram a ser autorizadas desde o último dia 8, porém, com restrições. O Serviço Social Autônomo Alcides Carneiro (Sehac) determinou que somente um visitante por paciente possa entrar a cada dia e permaneça por apenas 15 minutos. Avós também foram liberados a visitar netos internados a UTI, mas com dias e horários definidos. As outras regras que valiam desde o início da medida continuam em vigor.

A suspensão das visitas foi determinada no dia 26 de outubro, em função da alta de casos de covid-19 no município. O Sehac entendeu que a medida era necessária porque o hospital "é porta de entrada de urgência e emergência para pacientes oncológicos e referência em oncologia no município" e que "O contágio de covid-19 seria um risco a esses pacientes". No dia sete de novembro, o Comitê Científico do município se reuniu para analisar a situação da covid-19 em Petrópolis e deliberou que cada hospital da cidade teria "autonomia para adotar as suas próprias condutas com relação ao covid-19, baseada nas especificidades de cada unidade", como lembrou a prefeitura em nota enviada ao Diário.

Com isso, o Serviço de Controle de Infecção Hospitalar (SCIH) fez uma nova análise e "baseado nos relatórios diários produzidos nas últimas semanas, que constatou uma considerável redução no número de pacientes infectados, realizou uma revisão dos números e recomendou a liberação das visitas aos pacientes do HAC". No entanto, impôs restrições, que seguem vigentes nos últimos 10 dias:

Nas enfermarias e no Posto de Urgência (PU), está permitida a entrada de apenas um visitante por um período de 15 minutos, sem revezamento, das 15h às 15h15h.

Na Unidade Pós-Cirúrgica (UPC) e Unidade de Tratamento Intensivo (UTI), também está permitida a entrada de somente um visitante, também sem revezamento, das 12h às 12h15.

Na Unidade de Tratamento Intensivo Neonatal (UTIn) e Intermediária, a visita dos pais permanece liberada todos os dias, das 10h às 11h e das 17h às 18h. No mesmo setor, os avós podem visitar os netos às terças e quintas-feiras, das 15h às 15h15.

O Sehac ressaltou que segue autorizada a presença de acompanhantes em casos específicos, com permanência determinada por lei, que as trocas de acompanhantes continuam sendo permitidas a cada 24 horas e que o atendimento médico acontece nos mesmos horários, mas para apenas um familiar.

Redução de casos de covid-19 nas últimas semanas

Dados do Painel de Monitoramento Covid-19, atualizado pela Secretaria Municipal de Saúde, apontam que o aumento de casos na cidade teve início na 37ª semana epidemiológica (10 a 16 de setembro), quando passou de 31 para 105 infecções confirmadas. Os dados seguiram crescendo e atingiram o pico na 43ª semana epidemiológica (22 a 28 de outubro), justamente o período em que a suspensão das visitas no HAC foi adotado.

Desde então, os números começaram a cair: 291 (44ª semana - 29/10 a 04/11), 215 (45ª semana - 05 a 11/11) e 36 na atual semana - os dados do Painel consultados pelo Diário estavam atualizados até quinta-feira (16).

O Painel mostra que há 328 casos ativos no momento, sendo nove pacientes internados para o tratamento (sete em leitos clínicos e dois em UTI), além de mais nove testes aguardando resultado.



Edição anterior (3298):
sábado, 18 de novembro de 2023
Ed. 3298:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (3298): sábado, 18 de novembro de 2023

Ed.3298:

Compartilhe:

Voltar: