Edição anterior (2369):
quinta-feira, 06 de maio de 2021
Ed. 2369:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (2369): quinta-feira, 06 de maio de 2021

Ed.2369:

Compartilhe:

Voltar:


  VACINA

Imunização: saiba o tempo correto entre a vacina contra a gripe e a contra covid

Renata Almeida – especial para o Diário

 

A vacinação contra a gripe (Influenza) começou no meio do mês de abril para os trabalhadores da saúde, paralelamente a campanha de vacinação contra a covid-19. Logo em seguida, a campanha da Influenza iniciou para as grávidas, puérperas e crianças na faixa etária entre 6 meses e seis anos incompletos.O Ministério da Saúde elaborou um cronograma de grupos prioritários para que as imunizações aconteçam dentro do período correto entre uma vacina e outra (isso de acordo com a chegada dos lotes das vacinas contra covid). Já a vacinação contra a covid, segue voltada para idosos a partir de 60 anos e trabalhadores da Saúde com mais de 40 anos. Especialistas alertam que as duas imunizações são muito importantes para este momento de pandemia.

Duas campanhas de imunização acontecendo ao mesmo tempo geraram muitas dúvidas na população, quanto ao intervalo correto entre uma vacina e outra.  “É importante lembrar que é preciso fechar o esquema vacinal de imunização, ou seja,  tomar as duas doses da vacina contra a covid e a partir daí 14 dias depois tomar a vacina contra a gripe. E quem tomar primeiro a vacina da gripe, precisa aguardar também 14 dias para então tomar a vacina contra covid”, explicou em uma ocasião para nossa equipe, a coordenadora do curso de enfermagem da Universidade Estácio de Sá Petrópolis, Daniela Voguel. A profissional lembrou que a prioridade é a vacina contra covid e ressaltou que sobre os casos de quem já foi contaminado. “Quem positivou para covid, só poderá tomar a vacina contra a gripe 4 semanas após os primeiros sintomas, ou ao exame de PCR”.

De acordo com Daniela, é importante tomar as duas vacinas e estar atento às datas. Guardar os comprovantes das vacinas e seguir as orientações dos profissionais de saúde. No caso dos idosos, o ideal é que tenha algum acompanhante para auxiliar nos procedimentos.

Vacinação contra covid

Começa nesta quinta-feira (06/05) a vacinação de gestantes e puérperas maiores de 18 anos que tenham algum tipo de comorbidade e residem em Petrópolis. Para este público, não será necessário o preenchimento de cadastro.

A Secretaria de Saúde irá ampliar ainda esta semana a vacinação para pessoas com síndrome de down maiores de 18 anos, pacientes renais crônicos e pessoas com comorbidades. Como o público com comorbidades é maior, a vacinação será feita levando em conta a faixa etária, começando por pessoas acima de 58 anos. Vale lembrar que todo este público deverá se cadastrar. Já a vacinação de trabalhadores da Saúde está com pessoas com mais de 40 anos.

 A Secretaria também mantém aberto o cadastro para a vacinação de idosos com mais de 60 anos.

A vacinação acontece em 10 pontos de vacinação da cidade. Para se cadastrar acesse o site da prefeitura (www.petropolis.rj.gov.br). Após o cadastro, os dados sobre o agendamento podem ser consultados pelo endereço eletrônico: https://smspetropolis.net.br/consultaVacina.html.

Vacinação contra gripe

A Campanha da vacinação da gripe (Influenza) segue na primeira fase para trabalhadores da saúde, povos indígenas, grávidas, puérperas e  crianças na faixa etária entre 6 meses e seis anos incompletos. A segunda fase começa no dia 11 de maio para os idosos com mais de 60 anos e professores. A vacinação acontece das 9h às 16h nas 39 unidades de saúde: PSFs e UBSs e não precisa de cadastro, basta levar um documento de identificação e o cartão de vacina.



Edição anterior (2369):
quinta-feira, 06 de maio de 2021
Ed. 2369:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (2369): quinta-feira, 06 de maio de 2021

Ed.2369:

Compartilhe:

Voltar: