Edição anterior (2449):
domingo, 25 de julho de 2021
Ed. 2449:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (2449): domingo, 25 de julho de 2021

Ed.2449:

Compartilhe:

Voltar:


  Turismo

Inverno aquece turismo na Região Serrana 

Hotéis registram ocupação máxima nos fins de semana de julho


 
As baixas temperaturas têm aquecido o turismo na Serra fluminense nos fins de semana. Com a chegada do inverno e das férias de julho, a ocupação da rede hoteleira chega a 75% em alguns municípios, limite máximo estabelecido pelas regras sanitárias do estado do Rio. Dados da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis do Rio de Janeiro (ABIH-RJ) apontam um aumento na média geral de ocupação, que estava na casa dos 35% em junho e passou para 60,4% em julho. 

Para atrair os visitantes, as cidades apostam em festivais gastronômicos com cardápios diferenciados. Segundo a Organização Mundial de Turismo, a gastronomia é o terceiro principal motivador para viagens, atrás apenas de cultura e natureza, e na frente de compras, bem-estar, esportes e religião. 

Em Petrópolis, o movimento nos restaurantes e bares — seguindo limitações de público e as regras sanitárias — aumentou pelo menos 30%.  A cidade, que fica a 50 minutos da capital fluminense e a pouco mais de uma hora de Juiz de Fora (MG), é destino de visitantes que buscam viagens rápidas. Quem quiser aproveitar o friozinho na cidade imperial também vai poder curtir a 12ª Edição do Festival de Fondue, que acontece em 37 restaurantes até o dia 31 de julho. 

“É um roteiro delicioso para quem vai estar hospedado na cidade por alguns dias, para quem faz um ‘bate e volta’ como mineiros e cariocas e também para o morador que ainda tem a opção de degustar em casa”, afirma o presidente do Petrópolis Convention & Visitors Bureau, Fabiano Barros. 

Outras cidades também se destacaram, como, por exemplo, Vassouras, na região turística Vale do Café, que registrou 70% de ocupação; Itatiaia, no Pico das Agulhas Negras, com 55%; e Teresópolis e Nova Friburgo, na Serra fluminense, que marcaram, respectivamente, 50% e 37,5% de ocupação.  

Com a restrição de viagens por causa da pandemia, a busca por cidades do interior do estado tem aumentado. Para garantir que os protocolos de segurança sejam cumpridos, a Secretaria de Estado de Turismo vem realizando, juntamente com as secretarias municipais, um trabalho de conscientização dos representantes do setor.
Tópicos

 Crédito: CNN Brasil



Edição anterior (2449):
domingo, 25 de julho de 2021
Ed. 2449:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (2449): domingo, 25 de julho de 2021

Ed.2449:

Compartilhe:

Voltar: