Edição anterior (2336):
sábado, 03 de abril de 2021
Ed. 2336:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (2336): sábado, 03 de abril de 2021

Ed.2336:

Compartilhe:

Voltar:


  Lockdown

Loja de departamentos interditada e estabelecimentos que descumpriram decreto, intimados a fechar as portas neste feriado da Sexta-feira Santa

As equipes de fiscalização da Prefeitura, junto com as forças de segurança, atuaram durante todo dia no município. Fiscais estiveram nas ruas e também em outros pontos de aglomerações, como as cachoeiras. Neste Sexta-feira Santa (02), as barreiras sanitárias impediram a entrada de 93 veículos provenientes de outros municípios. Ao todo, três  estabelecimentos foram intimados a fechar as portas. Um deles acabou sendo interditado pelo descumprimento do decreto em vigor desde o dia 29/03. "As ações irão se estender durante todo o fim de semana", avisa a secretária de Serviços, Segurança e Ordem pública, Karina Bronzo.

O estabelecimento interditado foi uma loja de departamentos, no Centro. O mesmo já tinha sido multado na terça-feira em R$ 2 mil. "Já havia sido orientado, intimado e multado. Hoje retornamos e notificamos, mas os responsáveis insistiram em mantê-lo aberto, por isso optamos pela interdição", explica a secretária. As equipes estiveram ainda no Alto da Serra, onde notificaram um bar e mercearia que estava permitindo que clientes consumissem no local. "Hotéis e pousadas também foram vistoriados e um deles foi intimado a fechar as áreas de lazer, como piscinas e parquinhos", completa.

Até a última quinta-feira (01), 70 comerciantes já tinham sido intimados e 30 multados, em todo o município.

Paralelamente, desde o dia 23 de março, quando a ação nas barreiras sanitárias foi intensificada, até a última quinta-feira (01), 900 veículos foram impedidos de entrar em Petrópolis e tiveram que retornar aos municípios de origem. "Nosso objetivo é diminuir a circulação de pessoas na cidade e, consequentemente, reduzir a taxa de contágio do coronavírus. Salvar vidas. Esse é o objetivo de todo o governo interino", disse o presidente da Companhia Petropolitana de Trânsito e Transportes - CPTrans, Luciano Moreira. O controle de acesso ao município acontece de forma fixa em quatro pontos: Quitandinha, Bingen, Alto da Serra e Bonsucesso. Além dessas, uma acontece de forma volante.

Ao longo do feriado, assim como aconteceu durante toda a semana, cachoeiras localizadas em Secretário, Caxambu, Bonfim e Rocio foram fiscalizadas. "Havia pouco movimento e não encontramos resistência. Conversamos e orientamos banhistas, que entenderam as orientações e foram embora", disse o secretário de Meio Ambiente, Edmardo Campbell.

Além dos órgãos da Prefeitura,  com SSOP, Secretaria de Meio Ambiente, CPTrans, Vigilância Sanitária, Guarda Civil, Defesa Civil e Coordenadoria Especial de Relações Institucionais, o Inea - Instituto Estadual do Ambiente, a Polícia Militar e a Polícia Rodoviária Federal, apoiaram as operações de fiscalização.

As medidas restritivas foram necessárias para tentar conter os casos de covid-19 na cidade. Até a noite de ontem (01/04), Petrópolis registrava a morte de 700 pessoas. A ocupação de leitos clínicos pelo SUS é de 93,13% em leitos clínicos e 97,37% em leitos de UTI. É possível acompanhar detalhes sobre os casos no portal da transparência do coronavírus, no site da prefeitura (www.petropolis.rj.gov.br).



Edição anterior (2336):
sábado, 03 de abril de 2021
Ed. 2336:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (2336): sábado, 03 de abril de 2021

Ed.2336:

Compartilhe:

Voltar: