Edição anterior (2397):
quinta-feira, 03 de junho de 2021
Ed. 2397:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (2397): quinta-feira, 03 de junho de 2021

Ed.2397:

Compartilhe:

Voltar:


  Cidade

Mais um ano sem procissão e a tradicional confecção dos tapetes de Corpus Christi

Priscila Torquato – especial para o Diário/Foto - Alcir Aglio

 

Este será o segundo ano consecutivo sem a tradicional procissão de Corpus Christi e confecção dos tapetes de sal e serragem em Petrópolis. Com a pandemia de covid-19 alguns ritos religiosos  tiveram que ser cancelados para evitar aglomerações. Segundo a assessoria da Diocese de Petrópolis, em 2019 duas mil pessoas participaram do trajeto que seguia pelas ruas do Centro Histórico. Este ano haverá missas e carreata com o Santíssimo em algumas paróquias.

Na Catedral São Pedro de Alcântara as missas acontecem às 8h, 11h, 15h e 18h30. No intervalo de cada celebração, o Santíssimo estará exposto para que os fiéis, respeitando o distanciamento social e utilizando álcool em gel e máscara, possam fazer suas orações. A celebração solene das 15h será presidida pelo Bispo Diocesano Dom Gregório Paixão. As atividades religiosas devem seguir protocolos estipulados em decreto municipal. De acordo com o texto as atividades nos templos e nos cultos religiosos devem obedecer ao distanciamento de 1,5m entre as pessoas, conforme Anexo VII que determina a relação entre o quantitativo de pessoas  e a metragem do espaço. “Na Catedral, assim como em todas as paróquias da Diocese, a missa será transmitida, pois, conforme Decreto do Bispo Diocesano é preciso respeitar o limite de 30% da capacidade de ocupação de cada Igreja.”

A missa também será transmitida pela internet nas páginas do Facebook  (https://www.facebook.com/pascomcatedralsaopedrodeacantara/) e YouTube  (https://www.youtube.com/channel/UCF-CaECLm8_ZZni5PFY09zQ) da Catedral e da Pastoral da Comunicação, ao vivo, a partir das 15h.

Sobre a celebração do Corpus Christi

Corpus Christi vem do latim e significa “Corpo de Cristo”. Momento em que a Igreja Católica celebra o mistério da Eucaristia. Segundo a Igreja “através da Eucaristia, Jesus nos mostra que está presente ao nosso lado, e se faz alimento para nos dar força para continuar. Jesus nos comunica seu amor e se entrega por nós.”

 A tradição de enfeitar as ruas surgiu em Ouro Preto, cidade histórica do interior de Minas Gerais e a procissão lembra a caminhada do povo de Deus em busca da Terra Prometida.

 



Edição anterior (2397):
quinta-feira, 03 de junho de 2021
Ed. 2397:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (2397): quinta-feira, 03 de junho de 2021

Ed.2397:

Compartilhe:

Voltar: