Edição anterior (2335):
sexta-feira, 02 de abril de 2021
Ed. 2335:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (2335): sexta-feira, 02 de abril de 2021

Ed.2335:

Compartilhe:

Voltar:


  Covid-19

Março termina com 86% de aumento no número de mortes totais

Dados do cartório mostram claramente os impactos da covid-19 nas mortes registradas

Wellington Daniel

O mês de março teve um aumento de 86% no número total de mortes registradas em Petrópolis em relação ao mesmo período de 2020. É o que apontam os dados do portal da transparência da Associação Nacional dos Registradores de Pessoas Naturais (Arpen Brasil).  Com base nos registros dos cartórios, os óbitos subiram de 228 para 424.

Os dados da Arpen Brasil ainda mostram que o mês superou em 112,3% a média de mortes totais registradas nos meses de março entre 2015 e 2020, que é de 199,7 óbitos. Até então, março de 2018 tinha o maior número de mortes para o mês dentro da série histórica, com 282.

Ao contrário do que muitos falam na internet, de que “as outras causas de morte teriam desaparecido com a covid-19”, os dados do cartório mostram que a doença, na verdade, tem feito o número de óbitos aumentar. Foram 180 certidões emitidas tendo a covid-19 como causa ou suspeita na cidade. Em março de 2020, apenas uma morte tinha sido registrada com esta anotação.

Outras causas

Se não fosse as 180 certidões emitidas tendo a covid-19 como causa ou suspeita, a cidade registraria um total de 244 óbitos. Com isso, os números ficariam bem próximos aos registrados nos últimos três anos: 2018 teve 282 óbitos registrados em março; em 2019, foram 221; em 2020, 228.

O portal da Arpen Brasil traz as principais causas respiratórias e cardiovasculares. De acordo com estes dados, a pneumonia foi a segunda maior causa de morte depois da covid-19, com 36 certidões emitidas constando esta causa. Ainda assim, é uma diminuição em relação a 2020, quando foram 49.

Dentre as causas cardiovasculares, o acidente vascular cerebral (AVC) teve o maior número de registros, com 31 casos. É um aumento de 34,8% em relação ao ano passado, quando foram 23.

Já o maior aumento dos dois grupos, foi nos casos de infarto, que quase dobraram de um ano para o outro. Segundo os dados dos cartórios, foram 15 registros em março de 2020 contra 27 no mês passado.

Números oficiais

Pelos números oficiais divulgados pela Prefeitura de Petrópolis, março foi o pior mês da pandemia, com 126 mortes computadas até o dia 31. Os números podem ser maiores, já que o município atualiza os dados após os registros dos cartórios e o teste swab positivo.

 

Mortes em Petrópolis em março

Fonte: Arpen Brasil

Causas

2019

2020

2021

Insuficiência respiratória

25

19

24

Pneumonia

53

49

36

Septicemia

40

36

32

Respiratória indeterminada

0

1

0

SRAG

0

1

0

AVC

10

23

31

Infarto

22

15

27

Cardiovasculares inespecíficas

20

14

20

Covid

0

1

180

Demais óbitos não citados

51

69

74

Total

221

228

424



Edição anterior (2335):
sexta-feira, 02 de abril de 2021
Ed. 2335:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (2335): sexta-feira, 02 de abril de 2021

Ed.2335:

Compartilhe:

Voltar: