Edição anterior (2453):
quinta-feira, 29 de julho de 2021
Ed. 2453:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (2453): quinta-feira, 29 de julho de 2021

Ed.2453:

Compartilhe:

Voltar:


  Cidade

Prédio do Liceu Municipal Cordolino Ambrosio será reformado

Governo municipal lançou edital de licitação para agosto

 

Priscila Torquato – especial para o Diário

A prefeitura de Petrópolis abriu uma licitação para reforma e adaptação do prédio do Liceu Municipal Prefeito Cordolino Ambrósio, no centro. A concorrência pública tem data prevista para acontecer em 26 de agosto com valor máximo de R$ 3.549.743,40 (três milhões quinhentos e quarenta e nove setecentos e quarenta e três reais e quarenta centavos).  

No local funciona uma das unidades de ensino do município com 1.167 alunos do ensino fundamental e médio, em três turnos. Segundo informações do memorial descritivo do projeto de reforma, o prédio é tombado pelo Instituto Estadual do Patrimônio Cultural (INEPAC) e em seu salão nobre o painel da famosa artista Djanira da Mota e Silva, também tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN). Atualmente, a obra está em outro local aguardando restauração e, tem sua fundação datada em 1953. De acordo com o documento, o objetivo geral é “adequar o espaço escolar à atual demanda de alunos, buscando melhorias no atendimento dos educandos, garantindo segurança e ambientes adequados à aprendizagem.”

Ainda de acordo com o documento, uma vistoria técnica avaliou o estado de conservação do imóvel “onde identificou-se a premente necessidade de obras para a manutenção da edificação e adaptação dos espaços a acessibilidade, em atendimento também a uma demanda do Ministério Público Estadual sobre acessibilidade dos equipamentos públicos no município.”

O projeto básico da obra, elaborado em novembro de 2020, prevê intervenções para melhorar a acessibilidade, reforma da fachada, recuperação dos elementos que compõem os painéis de treliça, retirada ou adequação da cobertura em telhas de Eternit existente na fachada, adequação das esquadrias existentes na fachada frontal do corpo principal e do corpo das salas de aula, adequação de cobertura-marquise, recuperação de pontos de rachaduras e trincas, junto ao guarda-corpo, pintura, além de obras nas salas de aula, cozinha, refeitório, banheiros e telhado.



Edição anterior (2453):
quinta-feira, 29 de julho de 2021
Ed. 2453:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (2453): quinta-feira, 29 de julho de 2021

Ed.2453:

Compartilhe:

Voltar: