Edição anterior (2403):
quarta-feira, 09 de junho de 2021
Ed. 2403:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (2403): quarta-feira, 09 de junho de 2021

Ed.2403:

Compartilhe:

Voltar:


  Cidade

Projeto do Morro, no Alto da Serra, tenta recuperar telhado danificado por ventania

Mais de 150 alunos foram afetados e nove atividades foram prejudicadas

Priscila Torquato – especial para o Diário

No dia 29 de maio uma frente fria chegou ao estado do Rio de Janeiro e trouxe com ela instabilidade no tempo. A cidade foi atingida por ventos fortes que chegaram a 40 km/h. A Defesa Civil chegou a emitir um alerta de rajadas de vento intenso dias antes. E na madrugada o Projeto do Morro que funciona no Alto da Serra teve o telhado danificado pela ventania. O prejuízo foi estimado em R$16 mil.

“A maior conquista que tivemos no projeto foi o telhado. Um empresário e uma empresa doaram o valor da cobertura e um outro doador bancou a mão de obra. Uma conquista de muitas mãos”, explica Bruno Gonçalves, coordenador e idealizador do Projeto do Morro.

Com o telhado seria possível ampliar as atividades que são oferecidas pelo Projeto. Atualmente cerca de 150 alunos participam das aulas que são ministradas por voluntários. Com a destruição do telhado, começou uma arrecadação financeira para substituição da cobertura.

“O Projeto sobrevive de doações. Não temos nenhuma ajuda governamental. Com a ajuda de parceiros e amigos arrecadamos cerca de R$850,00 por mês para cobrir as despesas básicas. Por isso começamos uma campanha de arrecadação para instalação de um telhado novo, mas precisamos de ajuda. Conseguimos até o momento R$2.000”, conta Bruno.

Bruno explica que os projetos mais procurados nos últimos meses foram os profissionalizantes. Com a alta do desemprego, ele acredita que os cursos gratuitos dão esperança de um futuro melhor para a comunidade.

“Já chegamos a ter dez cursos funcionando. São vinte voluntários que não cobram nada para ajudar a comunidade compartilhando suas experiências. Através dos cursos profissionalizantes, muitos alunos estão conseguindo manter suas famílias com os ensinamentos adquiridos”, revela o coordenador.

 O Projeto do Morro existe há 13 anos. Funciona no Alto da Serra, na localidade conhecida como Morro da Oficina. Hoje oferece cursos de gastronomia, alongamento de unhas, cabeleireiro, barbeiro, manicure, desenho, Muay thai, workshops em geral,  leitura e história.

“As atividades do terceiro e quarto andares do Projeto começariam em junho. Com a destruição do telhado tivemos que cancelar essa ampliação. Agora contamos com a ajuda da sociedade mais uma vez para reerguer o telhado e voltar a oferecer dignidade para essas pessoas”, pede Bruno.

A doação de qualquer valor pode ser feita para a conta do Projeto pelos seguintes canais:

Depósito por transferência:

Nome da Empresa: Associação Projeto Do Morro

CNPJ: 25.092.829/0001-92

Banco Instituição: 403 - Cora SCD

Agência: 0001

Conta: 1219435-5

 

PIX:

Chave para transferência: 25.092.829/0001-92

Mais informações pelo telefone (24)9.8833-5161.

 



Edição anterior (2403):
quarta-feira, 09 de junho de 2021
Ed. 2403:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (2403): quarta-feira, 09 de junho de 2021

Ed.2403:

Compartilhe:

Voltar: