Edição anterior (2366):
segunda-feira, 03 de maio de 2021
Ed. 2366:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (2366): segunda-feira, 03 de maio de 2021

Ed.2366:

Compartilhe:

Voltar:


  VACINA

Secretaria de Saúde dá continuidade à entrega de 649.980 de vacinas contra Covid-19 aos 92 municípios
Serão enviadas 54.160 doses de CoronaVac para segunda aplicação do esquema vacinal

 

 

A Secretaria de Estado de Saúde (SES) dá continuidade, neste domingo (02/05), à entrega de mais uma remessa de 649.980 doses de vacinas contra a Covid-19 aos 92 municípios do estado. Dessas, 54.160 são de CorovaVac e 595.820 de Oxford/Astrazeneca. 


O município do Rio de Janeiro fez parte da retirada do seu lote sexta-feira (30/04), na Coordenação Geral de Armazenagem (CGA), em Niterói, e irá retirar a outra parte neste domingo (02/05). O mesmo ocorre com São Gonçalo, Maricá e Niterói, que retiraram parte neste sábado (01/05) e o restante hoje (02/05). Para os outros 88 municípios, a distribuição ocorrerá neste domingo (02/05), por seis aeronaves, sendo uma da SES, uma do Governo do Estado, uma do Corpo de Bombeiros, uma da Polícia Militar e duas da Polícia Civil. Os helicópteros partem do Grupamento Aeromóvel da PM e do 12º Batalhão de Polícia Militar, em Niterói. 


Todas as doses de CoronaVac entregues são indicadas para administração da segunda dose do esquema vacinal. Só deverão utilizar este imunizante como primeira dose os municípios que não tiverem a segunda aplicação em atraso ou com reserva para cumprir o calendário de vacinação. 


As vacinas Oxford/Astrazeneca são para administração da primeira dose no grupo que inclui as Forças de Segurança e Salvamento e as Forças Armadas; pessoas com comorbidades, incluindo as gestantes e puérperas que façam parte deste grupo; e pessoas com deficiências permanentes. 


Em reunião com a direção do Conselho de Secretários Municipais de Saúde (Cosems), a Subsecretaria de Vigilância em Saúde (SVS) da SES solicitou aos municípios um levantamento das segundas doses de CoronaVac que estão atrasadas. O objetivo é que as próximas remessas desta vacina enviadas pelo Ministério da Saúde ao estado sejam distribuídas aos municípios para segunda aplicação do esquema vacinal, até que a imunização de todas as cidades fique em dia.  



Edição anterior (2366):
segunda-feira, 03 de maio de 2021
Ed. 2366:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (2366): segunda-feira, 03 de maio de 2021

Ed.2366:

Compartilhe:

Voltar: