Edição anterior (2333):
quarta-feira, 31 de março de 2021
Ed. 2333:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (2333): quarta-feira, 31 de março de 2021

Ed.2333:

Compartilhe:

Voltar:


  Esporte

Trabalho a todo vapor em Petrópolis para as Competiçãos de Mountain Bike 

Equipe da CIMTB Michelin tem visitado a cidade para deixar tudo preparado para a grande final da temporada 2021 e para a Copa do Mundo de XCO em 2022.

Por Pedro Parisi, de Belo Horizonte

A equipe da Copa Internacional Michelin de Mountain Bike (CIMTB Michelin) já visitou Petrópolis cinco vezes desde o anúncio de que a cidade receberá a primeira etapa da Copa do Mundo de XCO 2022, no início de Fevereiro. Muito trabalho está sendo feito para organizar tanto a grande final da temporada 2021 da CIMTB Michelin, quanto a primeira etapa da Copa do Mundo em 2022.

Convidamos o organizador dos dois eventos, Rogério Bernardes, para contar mais sobre as novidades em Petrópolis. Confira a entrevista na íntegra.

CIMTB Michelin: Qual foi a primeira vez que Petrópolis recebeu um evento CIMTB Michelin?

Rogério Bernardes: Em 2019 foi a primeira vez que fizemos uma etapa da CIMTB Michelin em Petrópolis. O evento foi um sucesso com cerca de 20 mil pessoas no final de semana visitando a fazenda e a pista do Sitio São José. Essas conversas começaram com o Ruy e Henrique Avancini nos convidando para conhecer o local e nos apresentando o Duda e Hilário, donos da propriedade, para estudarmos a viabilidade de levar a etapa para lá.

 CM: A pista fica no Vale do Cuiabá desde o início?

RB: Sim. A pista já existia dentro da fazenda e alguns anos atrás aconteceu uma etapa do Campeonato Brasileiro de MTB. Com a CIMTB Michelin tivemos que fazer várias alterações para adaptar às nossas exigências e com a Copa do Mundo em 202, estamos fazendo outras mudanças para que a pista seja ainda mais desafiadora.

CM: O que evoluiu de lá pra cá, tanto na pista quanto na organização em geral?

RB: Desde 2019, quando fizemos a prova pela primeira vez mudamos vários detalhes e, depois da prova, tínhamos programado outras diversas melhorias para a etapa de 2020, que acabou não acontecendo. No meio do caminho tivemos a notícia da Copa do Mundo em 2022 que vamos organizar no Sitio São José, e agora estamos unindo as mudanças de 2020 com as outras mudanças de 2022 para termos um evento de altíssima categoria este ano, que servirá de teste para a Copa do Mundo, no ano que vem, além de ser uma das etapas da CIMTB Michelin.

CM: A equipe CIMTB tem visitado a cidade com frequência ultimamente. Como está a preparação para a etapa de setembro?

 RB: Temos ido com frequência em Petrópolis para acertar muitos detalhes nos bastidores. Fizemos reuniões com empresários, poder público, incluindo Prefeitura Municipal e Câmara de Vereadores, hotéis para credenciamento para a Copa do Mundo e etapa da CIMTB Michelin, visitas à pista para estudar, criar e demarcar os novos trechos onde será a prova, levantamento topográfico para desenvolvimento do projeto, encontro com fornecedores, enfim, muito trabalho.

Muita coisa já está a todo vapor e cada ida nossa lá tem sido cada vez mais intensa. Queremos planejar todos os detalhes para que o evento seja inesquecível para todos que marcarem presença, atletas, público, patrocinadores e todos os envolvidos.

CM: A CIMTB Michelin vai realizar a etapa de abertura da Copa do Mundo de XCO 2022 em Petrópolis. Isso muda alguma coisa na etapa deste ano?

RB: Muda bastante coisa. Em relação à pista as mudanças que estávamos prevendo tivemos que incluir outras ainda mais desafiadoras para os atletas. Em relação a estrutura também muda bastante pois quando se pensa em transmissão ao vivo para o mundo inteiro, as demandas são infinitamente maiores e mais detalhadas envolvendo centenas de pessoas e dezenas de fornecedores.

CM: Você tem conversado com as autoridades locais nas últimas visitas à cidade. Como está a expectativa deles para o evento?

RB: A expectativa de todos é enorme. Da nossa parte sabemos dos desafios e estamos trabalhando intensamente em cada detalhe. Para as autoridades e população da cidade posso afirmar que estão todos muito felizes e ansiosos para que o evento aconteça e doidos para verem a hora chegar logo. Temos que abrir um pouco mais nossa visão pois os amantes do mountain bike do Brasil todo estão muito entusiasmados e aguardando a chegada da venda do primeiro lote de ingressos, que será em breve. Teremos um grande público no evento, se Deus quiser, e esse será o nosso diferencial. Os atletas, jornalistas e dirigentes do mundo todo ficarão impressionados com nossa torcida que dará um show com toda certeza.

Siga nossos canais
A CIMTB Michelin conta com vários canais de comunicação. Você pode acompanhar nosso podcast, que já está na 96ª edição, em qualquer plataforma. Basta buscar por “cimtb”. Também temos nosso Instagram, no @cimtb. Ou então, você pode escolher receber nossa newsletter semanal, com o resumo das últimas notícias. Para se inscrever, é só clicar neste link e preencher seu nome e e-mail.

CIMTB Michelin 2021
A organização da CIMTB Michelin realizou sua primeira prova em 1996. Desde então, vem inovando e contribuindo ativamente para o crescimento e fortalecimento do mountain bike e o mercado de bicicletas no Brasil. Contando pontos para o ranking mundial da União Ciclística Internacional (UCI) desde 2004, a CIMTB Michelin tem sido seletiva para os Jogos Olímpicos nos Ciclos de Pequim 2008, Londres 2012, Rio 2016 e Tóquio 2020. Em 2022, a CIMTB Michelin aumentará ainda mais sua relevância internacional com a realização da etapa de abertura da Copa do Mundo de Mountain Bike 2022, em Petrópolis. Além disso, foi responsável pela construção da pista de mountain bike dos Jogos Olímpicos Rio 2016, considerada uma das melhores da história dos Jogos desde 1992.

Michelin
Michelin, líder do segmento de pneus, se dedica ao desenvolvimento da mobilidade de seus clientes, de forma sustentável, criando e distribuindo os pneus, serviços e soluções mais adequados às suas necessidades; fornecendo serviços digitais, mapas e guias, para ajudá-los tornar suas viagens experiências únicas; e desenvolvendo materiais de alta tecnologia, que atendem à indústria da mobilidade. Sediada em Clermont-Ferrand (França), a Michelin está presente em 170 países, emprega 114.100 pessoas em todo o mundo e dispõe de 70 centros de produção implantados em 17 países diferentes que fabricaram 190 milhões de pneus em 2017.

Sense Bike
Parte da Lagoa Participações, a Sense Bike foi criada em 2009, com o sonho de construir uma marca de bicicletas feita por apaixonados para apaixonados, com padrão internacional, foco em desenvolvimento e indústria de ponta. Em 2014, foi inaugurada a fábrica em Manaus, que possibilitou o início da produção de quadros, bem como a montagem de bicicletas elétricas e convencionais (mountain bike, urbana e road), com o que existe de mais inovador em tecnologia. Em abril de 2018, a Sense Bike comprou a Swift Carbon Global, importante fabricante mundial de bikes em fibra de carbono, com operação industrial na cidade do Porto (Portugal).



Edição anterior (2333):
quarta-feira, 31 de março de 2021
Ed. 2333:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (2333): quarta-feira, 31 de março de 2021

Ed.2333:

Compartilhe:

Voltar: